Caso Vasco: Ferj responde ao TJD-RJ e Euriquinho garante que não há erro

No fim da noite desta quinta-feira, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) respondeu o ofício enviado pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ) sobre o caso envolvendo o Vasco. Há questionamentos sobre possíveis irregularidades nas escalações de Jean e Gilberto na partida contra o Resende. Vice-presidente de futebol vascaíno, Eurico Brandão, mais conhecido como Euriquinho, filho do presidente Eurico Miranda, garantiu que não há erro.

- O Vasco não pode responder o que alguém colocou, imprensa, outro clube.... Precisamos que os órgãos competentes falem. Posso afirmar que o Vasco não está errado. Se fizerem a denúncia, vamos montar nossa defesa - destacou Euriquinho, sendo completado por Paulo Reis, vice jurídico do clube:

- O jurídico não faz registro de jogador. Quando há um problema, o departamento de registro consulta o jurídico. Como não me procuraram, estão confiantes no que foi feito. Não fui consultado sobre isso. Acho que não vamos ter problema nesse assunto.

O LANCE! procurou André Valentim, procurador do TJD-RJ, e ele afirmou que ainda não tem conhecimento da resposta da Ferj, o que fará na tarde desta sexta-feira. Na oportunidade, a expectativa é a de que haja a decisão de oferecimento da denúncia que pode tirar seis pontos do Vasco ou no arquivamento do caso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos