Pep Guardiola queria treinar o Arsenal após deixar o Barcelona

  • Paul Ellis/AFP

Pep Guardiola deixou o Barcelona, em 2012, e tirou um ano sabático. Na sua volta ao futebol, ele acertou com o Bayern de Munique, onde ficou por três temporadas. No entanto, a trajetória do treinador poderia ter sido diferente. Segundo a rádio "talkSPORT", ele tinha o interesse de assumir o Arsenal, no lugar de Arsène Wenger.

De acordo com o veículo, o interesse de Guardiola, contudo, foi frustrado pela diretoria do Arsenal, que preferiu renovar com Wenger. Sem acordo com os Gunners, o comandante fechou com o Bayern em 2013.

Em seus últimos meses no clube bávaro, Guardiola já havia deixado claro que seu destino quando deixasse o Bayern seria a Premier League. Não demorou muito e o acerto com o Manchester City foi oficializado. Assim, realizou um sonho de participar de uma das ligas mais competitivas do planeta.

O City está em segundo no Campeonato Inglês, com 52 pontos, a oito do líder Chelsea. O Arsenal, por sua vez, está quarto, com 50.

Na Liga dos Campeões, o Manchester City vai pegar o Monaco nas oitavas de final. Já o Arsenal, na mesma fase, levou de 5 a 1 do Bayern de Munique, na Allianz Arena, e está praticamente eliminado da competição. Wenger, com a derrota, está em situação difícil no clube londrino.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos