'Elenco tem que estar atento e não pode deixar o rendimento cair'

Para a partida de volta pela terceira fase da Libertadores, Jair Ventura terá quatro desfalques no time: Gatito Fernández, devido à um desconforto na coxa esquerda; Bruno Silva, que deixou o campo se queixando de dores na coxa direita; O principal é Montillo, que deixou o campo com apenas 15 minutos de jogo sentindo dores em uma região que ainda não havia sofrido lesão. Além dos jogadores lesionados, Jonas também está na lista.

Por ter levado o terceiro cartão amarelo na partida contra o Olimpia, Jonas também está de fora da próxima disputa em Santiago. Com a ausência do lateral, quem pode assumir a vaga é Marcinho.

Outra opção que o treinador pode utilizar é Emerson Silva, que já atuou na posição e com o retorno de Joel Carli, nada afetaria o time colocar o zagueiro na lateral-direita, ocupando o lugar de Jonas. Para Afonsinho, meia do time campeão do Campeonato Brasileiro de 1968, independente da substituição, o time tem que estar atento.

- Acho que o principal do Botafogo é a estabilidade administrativa. O clube tem um elenco grande e o time tem tido boas atuações. Acho que Jair pode fazer sábias substituições. Claro que Montillo vai fazer falta. Mas o elenco sabe que tem que estar atento, que está numa situação com uma vantagem mínima e não pode descansar o deixar o rendimento cair. O zagueiro Emerson Silva, que já atuou na posição, pode ajudar. Por ter alguma experiência na lateral, acaba não sendo uma preocupação muito grande. O que ele deve fazer mudar a forma de jogar, tentando adequar o futebol para pressionar o adversário e treinar na posição para não atrapalhar o rendimento do resto dos jogadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos