Michel vibra por entrar mudar o jogo, mas não quer 'acostumar com banco'?

Michel Bastos não fez gol e nem deu assistência, mas teve participação fundamental na vitória do Palmeiras sobre o São Bernardo, na noite de quinta-feira. Foi depois da entrada dele e de Raphael Veiga, aos 13 minutos do segundo tempo, que o time deslanchou e marcou os dois gols. O camisa 15 disse que até gostou de ter entrado com a partida em andamento, mas deixou claro que nem pensa em se contentar por ser uma espécie de 12º jogador da equipe.

- Lógico que eu preferia começar jogando, mas não foi o caso. Ali no banco a gente estava brincando, com a torcida já começando a vaiar, e eu comentei: "Na hora que eu entrar, ou vai ou racha. Ou eles vão me aplaudir, porque vou tentar fazer a diferença, ou eles vão vaiar porque vou entrar no ritmo da equipe. É meu momento de entrar e mostrar que sou capaz de ajudar e chamar a responsabilidade". Ontem, sinceramente, talvez eu até tenha gostado de ter entrado depois, porque consegui fazer a diferença. Isso mostrou para muitos que eu posso ajudar. Mas que eu não me acostume nesse banco de reservas aí, a gente gosta de começar jogando - disse o jogador de 33 anos.

- Em todos os clubes em que passei, sempre joguei. Lógico que minha situação hoje é diferente, porque estou em um clube campeão brasileiro, que manteve a base. Já vim sabendo que conquistar uma vaga não seria fácil, mas tenho condições e vou sempre dar meu melhor. Cabe ao treinador decidir se vou ser titular ou não - emendou.

Michel entrou na vaga de Róger Guedes e atuou pelo lado direito, como ponta, mesmo tendo treinado como lateral-esquerdo durante a semana. Embora diga que está disponível para atuar onde o treinador preferir, ele não esconde que jogar na lateral não é uma de suas preferências.

- Essa semana, muitos viram, nos treinos eu estava de lateral-esquerdo pela lesão do Egídio. Graças a Deus, no jogo não precisei atuar nessa posição e acabei tendo uma oportunidade, que eu não vinha tendo, na posição que eu prefiro. Não tenho problema com nenhuma posição, mas tenho minha preferência. Prefiro atuar mais aberto - concluiu.

O Palmeiras agora encara o Linense, às 17h de domingo, fora de casa, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos