Modesto quer conversa com Dorival e dirigente para dar apoio ao elenco

Após duas derrotas seguidas na Vila Belmiro, o presidente Modesto Roma Júnior quer ter uma conversa com o técnico Dorival Júnior e o superintendente de esportes, Dagoberto dos Santos. A intenção do mandatário santista é dar respaldo ao elenco, criticado após perder para a Ferroviária por 1 a 0, neste sábado.

Dorival poderia chegar à 100ª vitória como técnico do Santos, mas acabou derrotado pela equipe de Araraquara. O resultado irritou os torcedores, que na quarta já assistiram ao revés para o São Paulo, também na Vila. Gritos contra Lucas Lima, desfalque nesta noite, e de "time sem vergonha" foram alguns dos ouvidos nas arquibancadas após o jogo, além de questionamentos a Dorival.

O encontro do presidente com o superintendente e o técnico, assim, serviria para mostrar apoio depois de uma semana ruim. Para Thiago Maia, a torcida está com a razão de criticar.

"Torcida está na obrigação de cobrar, faz parte. Nós temos que fazer o nosso aqui dentro", disse o meio-campista. "Nosso time, apesar de ser novo, já está maduro. Temos de focar um pouco mais, ver o que erramos, porque o que aconteceu aqui hoje não pode acontecer novamente".

Com o resultado deste sábado, o Santos segue com seis pontos em quatro jogos, atrás de Mirassol (dez pontos) e Ponte Preta (sete).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos