Thiago Maia reage a cobranças no Santos: "Ainda vão gritar campeão"

Os ânimos ficaram à flor da pele para muitos torcedores do Santos após a derrota para a Ferroviária, neste sábado, por 1 a 0, na Vila Belmiro. Parte de uma organizada, acompanhada de outros santistas, permaneceu na porta do vestiário alvinegro e fez diversas cobranças.

"Time sem vergonha", "tem que honrar a camisa do Peixão", além de cobranças individuais a jogadores, como Lucas Lima, foram os principais gritos. No entanto, Thiago Maia rebateu alguns torcedores.

O volante de 19 anos respondeu, prometendo volta por cima: "Vocês ainda vão gritar é campeão aqui", esbravejou.

A Polícia Militar precisou retirar alguns torcedores, sem violência. A concentração na porta do vestiário e na porta da imprensa durou cerca de 15 minutos.

Na quarta-feira, após perder para o São Paulo, Serginho Chulapa e Léo precisaram conter alguns torcedores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos