Após dois anos, Santos volta a igualar sequência negativa na Vila

A Vila Belmiro sempre foi considerada a maior fortaleza do Santos. Por isso, as derrotas para o São Paulo (3 a 1) e Ferroviária (1 a 0), no Paulistão, provocaram instabilidade e turbulência no ambiente no Alvinegro Praiano. Desde 2014, o Peixe não perdia dois jogos atuando na Baixada Santista, diante da sua torcida.

A última vez que o time sofreu dois reveses foi no Brasileirão de 2014, nos confrontos contra o Fluminense (1 a 0), dia 22 outubro, e Internacional (2 a 1), dia 2 novembro. Ainda sob o comando técnico de Enderson Moreira, o Peixe perdeu para o rival carioca com um gol nos acréscimos, anotado por Edson. Contra os colorados, buscou o empate com Gabigol, mas sucumbiu depois do segundo gol do chileno Aránguiz.

Nas rodadas subsequentes, daquela mesma edição do Nacional, o Peixe repetiu a sucessão de resultados ruins como mandante nos jogos contra o Cruzeiro (1 a 0) e o São Paulo (1 a 0). A diferença, no entanto, é que o clássico foi realizado na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Na última quarta-feira, a derrota para o São Paulo determinou o fim de uma longa invencibilidade do Santos em casa, em jogos do Paulistão. Eram cinco anos, ou 2.145 dias (ou 45 jogos), sem perder no Estadual. A última vez havia sido contra o Palmeiras (1 a 0), no dia 3 de abril de 2011.

Apesar do momento adverso, o técnico Dorival Júnior considera os acontecimentos recentes naturais e confia na reviravolta da equipe nos próximos duelos. Ainda mais porque, no próximo dia 9, o Peixe faz a sua estreia na Copa Libertadores, contra o Sporting Cristal.

"Eles estão vendo o que está se passando. Nada além de dois resultados ruins. Jogaram muito confete na equipe do Santos e eu dizia que não era nada além daquilo. Falei que oscilações aconteceria. Aconteceram na Vila Belmiro. Todo clube passa por isso. O Santos não é diferente. Temos que ter forças", afirmou o comandante após o jogo contra a Ferroviária.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos