Fernandes e Leandrinho comandam virada do Botafogo contra Boavista

Se a Taça Guanabara não foi das melhores para o Botafogo, ela serviu para moldar o elenco e encontrar nomes que possam contribuir no time principal alvinegro. Marcelo e Matheus Fernandes foram casos que agradaram Jair Ventura e receberam chances na Libertadores depois. Agora, Fernandes e Leandrinho aproveitam a oportunidade na vitória de virada por 3 a 2 contra o Boavista, neste domingo, no Elcyr Resende, em Bacaxá, pelo Carioca.

O primeiro tempo foi para lá de apático. Nem mesmo o retorno de Carli - que fazia seu primeiro jogo na temporada - colaborou para maior organização da defesa alvinegra. Com Marcinho e Igor Rabello batendo cabeça, o time de Joel Santana logo achou o primeiro gol, com Pedro Botelho aparecendo livre na área. Em quatro minutos, a vantagem era logo aumentada por Marcelo Nicácio.

Enquanto isso, o lado ofensivo do Botafogo pouco aparecia, com Joel - este ainda mais enrolado - e Vinícius Tanque pouco criando. Foi aí que a dupla de meias entrou em ação para reduzir o dano do placar: Fernandes recebeu linda bola de Leandrinho, fintou o ex-botafoguense Antônio Carlos e levou o 2 a 1 para o final da primeira etapa de um futebol abaixo da crítica do Botafogo.

Sabe-se lá o que foi conversado no vestiário alvinegro, mas a postura foi outra na segunda etapa. Dominante e chegando a frente com volume, o Glorioso logo empatou aos 4, em bela trama que envolveu Leandrinho, Vinícius Tanque e passe de Lindoso para Fernandes, que balançou as redes pela segunda vez.

Dando início aos dois primeiros gols, Leandrinho não queria ficar fora da festa. Aproveitou sobra na área aos 17 e chutou prensado para marcar a virada do Botafogo. Depois, o alívio do jovem que, contra o Flamengo, havia acertado duas vezes o travessão. Desta vez, foi decisivo, assim como no ano passado, quando marcou o gol do triunfo em Bacaxá. No laboratório para a temporada, os comandados de Jair Ventura terminam a Taça Guanabara com sete pontos somados. Agora, virar a chave para a principal competição: a Libertadores.

FICHA TÉCNICA

BOAVISTA 2 X 3 BOTAFOGO

Local: Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá (RJ)

Data-hora: 19/02/2017, às 17h (de Brasília)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Flávio Manoel da Silva (RJ)

Renda/Público: R$ 1.390.210,00 / 28.601 pagantes

Gols: Pedro Botelho (27'/1ºT), Marcelo Nicácio (31'/1ºT), Fernandes (39'/1ºT), Fernandes (3'/2ºT) e Leandrinho (17'/2ºT)

Cartões amarelos: Fernandes e Marcinho (BOT)

BOAVISTA: Felipe, Thiaguinho, Gustavo Geladeira, Antônio Carlos e Maicon (Lucas Perdomo - 31'/2ºT); Lucas Rocha, Willian Maranhão (Fellype Gabriel - 30'/2ºT), Pedro Botelho e Erick Flores; Mosquito e Marcelo Nicácio (Tiago Amaral - 21'/2ºT) - Técnico: Joel Santana.

BOTAFOGO: Helton Leite, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense, Fernandes (Pachu - 25'/2ºT) e Leandrinho (Yuri - 33'/2ºT); Joel e Vinícius Tanque (Sassá - 20'/2ºT) - Técnico: Jair Ventura.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos