Jadson participa de jogo-treino, mas é vetado para o clássico

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Jadson em ação no treino do Corinthians realizado no CT Joaquim Grava

    Jadson em ação no treino do Corinthians realizado no CT Joaquim Grava

Brusque ou Santos. Uma destas duas equipes será o adversário do Corinthians na partida de reestreia do meia Jadson, segundo a programação do técnico Fabio Carille revelada durante entrevista ao LANCE! nesta segunda-feira. O papo com o comandante do Timão ocorreu pouco após o jogo-treino diante do Água Santa marcado justamente para que a comissão técnica pudesse observar a evolução do meia de 33 anos, que já tem duas semanas de trabalho no CT Joaquim Grava, mas ainda não está apto a entrar em campo.

"Ainda não. Vamos esperar mais um pouquinho. Semana passada falei em 15 dias, estamos nos programando para ser Brusque ou Santos. Se ele estivesse em uma condição melhor, uma semana a mais de trabalho, teríamos que levar para o Dérbi pela qualidade que ele tem e por sabermos administrar a ansiedade do torcedor. Mas a questão não é essa, e sim que ele ainda precisa de um melhor preparo", sentenciou Carille.

Jadson participou de 45 minutos do empate em 0 a 0 com o time da Série A2 do Paulistão na manhã desta segunda-feira. Ele esteve em todo o primeiro tempo e também em parte da etapa complementar do jogo-treino, participando de ações ofensivas com muita liberdade de movimentação - ele começou como ponta direita, mas também trabalhou do lado esquerdo da segunda linha do 4-1-4-1 e por dentro, como armador. Jadson chegou a deixar Jô na cara do gol ainda no primeiro tempo, mas o Timão não conseguiu fazer gols.

O time que disputou o jogo-treino foi escalado da seguinte maneira: Caique; Léo Príncipe (Mantuan), Vilson (Ameixa), Pedro Henrique e Moisés (Mendoza); Paulo Roberto (Cristian); Jadson (Luidy), Fellipe Bastos (Rodrigo Figueiredo), Maycon (Marciel) e Marlone (Bruno Paulo); Jô (Pedrinho).

Apesar da vontade de Jadson e do bom rendimento no teste contra o Água Santa, Carille não pensa em levar o novo camisa 77 do Corinthians para o Dérbi desta quarta-feira, às 21h45, contra o Palmeiras. Nem no banco de reservas.

"Não dá para levar para a reserva neste momento, porque muitas vezes você planeja de colocar 25 ou 30 minutos, mas o jogo pode te mostrar outra coisa, você não utilizar o atleta e ele perder um dia de trabalho nessa fase de preparação. Ele precisa. A última partida dele foi em outubro. Então vamos esperar, deixar ele mais um dia no CT, se preparando melhor para estar à disposição dia 1 ou dia 5", afirmou o técnico, que confirmou o bom rendimento de Jadson no jogo-treino desta segunda-feira.

"Estavam programados 45 minutos mesmo, é importante para ele participar de um jogo depois de três meses. Foi bem positivo, ele participou bem, marcou, rodou, fez o que queríamos dele, flutuando dentro de campo para ser o grande armador da equipe".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos