Lembra dele? Atacante Somália volta a fazer um gol após dois anos

Quando recebeu o convite para defender o América de Teófilo Otoni, o experiente atacante Somália (foto), de 39 anos, não poderia imaginar que balançaria as redes adversárias tão rapidamente. Não pela perda do faro de gol, mas sim pelo tempo em que estava inativo.

Seu último clube foi o homônimo do Rio de Janeiro no Estadual de 2015. Por lá balançou as redes pela última vez no dia 8 de julho, na vitória do America por 2 a 1 sobre o Americano - ele marcou o segundo gol - em jogo válido pelo triangular final, que consagrou o time campeão da Série B do Campeonato Carioca.

Quando abriu o placar, nos acréscimos do primeiro tempo, justamente no seu primeiro jogo como titular, Somália pode, enfim, voltar a fazer sua tradicional dancinha.

- Já tinha entrado no decorrer das três partidas anteriores e isso foi importante para meu corpo voltar a se acostumar com o ritmo de jogo. Durante a semana me preparei ainda mais forte quando soube que começaria jogando. Foi importante marcar, voltar a sentir esse gostinho. Uma pena que a vitória não veio. O gol que levamos no final foi um balde de água fria - desabafou.

A próxima oportunidade que o atacante terá de marcar pelo América TO será no sábado de Carnaval, fora de casa, contra o Uberlândia, pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Irreverente, Somália já pensa na comemoração, caso marque mais uma vez.

- Vamos lá pra Uberlândia engasgados com esse empate. Tomara que tenha mais gol do Somália e, dessa vez, que seja acompanhado de três pontos. E se tiver gol, vai ter samba. O carnaval não pode passar em branco - brincou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos