Sassá quase marca em seu retorno e celebra a nova chance: "Estou focado"

Na montanha russa que é a relação entre Botafogo e Sassá, o atacante deu um passo importante para voltar a conquistar torcida e comissão técnica alvinegra. Ele entrou com 20 minutos do segundo tempo na vitória contra o Boavista, no último domingo, depois de ficar quase três semanas afastado por indisciplina. E o centroavante comemorou a nova chance que o clube tem dado à ele.

"Sim, feliz. Mas ainda estou muito abaixo. Fiquei nessa indecisão tem três semanas. O bom foi que voltei a ter um frio na barriga. Feliz de estar voltando com o grupo. Agora, eu estou focado. Sei que aconteceu algumas coisas no meio, mas agora é um caminho novo. Meu segundo filho está chegando e tenho que dar sustento", analisa o jogador, que foi artilheiro do time em 2016.

O técnico Jair Ventura foi outro que comentou sobre a situação do atacante. Para o comandante, a sequência de jogos de Sassá pelo Botafogo vai depender única e exclusivamente do atacante, lembrando da importância dos treinos.

"Eu costumo dizer que o jogador é que se escala, com os treinamentos e conduta. O Sassá tem as mesmas chances dos demais. Cabe a ele treinar bem, fazer os gols, ajudar a equipe. Assim, vai ter chance como os outros. Fica muito claro isso de dar oportunidade para todos", ponderou o técnico alvinegro.

Na partida, o Sassá teve duas chances de retornar com bola na rede. Mas ele acabou parando no goleiro Felipe. Agora, o atacante só deve voltar a campo na estreia alvinegra na Taça Rio. Como ele não está inscrito na Copa Libertadores, Sassá não viajará com o grupo na noite desta segunda-feira para o Paraguai, onde o Alvinegro enfrentará o Olímpia-PAR na próxima quarta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos