Flu conta com 'ajuda fundamental' da torcida em acordo com Under Armour

  • Mailson Santana/Fluminense FC

A torcida do Fluminense pode "turbinar" a parceria com a Under Armour e dar um grande retorno financeiro ao clube nos próximos três anos. Isso porque o contrato com a nova fornecedora de material esportivo, celebrado na segunda-feira, na Sede das Laranjeiras, garante ao Tricolor um grande percentual nas vendas de camisas, calções e outros acessórios a partir do dia 21 de julho.

"O mercado de material esportivo está sofrendo uma transformação. O que era usual até o acontecimento de grandes evento agora é diferente. Temos um contrato interessante e vamos depender de vendas. O torcedor vai ajudar bastante, de forma fundamental, o clube no percentual que vamos receber. Em termos de royalties é o maior que recebemos até hoje",  explicou VP Idel Halfen.

De acordo com Idel Halfen, vice-presidente de Marketing do Fluminense, a participação nos royalties de vendas será a maior da história do clube, O L! apurou que a margem do Tricolor pode chegar até a 20% se as compras alcançarem uma determinada quantia acordada em contrato, a qual não foi revelada. No mercado brasileiro, os contratos com fornecedores de material esportivo costumam dar cerca de 5% das vendas de camisas aos clubes.

O valor mensal fixo que a Under Armour repassará ao Fluminense é mantido em sigilo, mas é inferior ao acordado com a Dryworld. A antiga fornecedora, que não cumpriu seus compromissos, teria de pagar cerca de R$ 1,2 milhão por mês ao clube das Laranjeiras, o que não aconteceu em 2016.

Financeiramente, o contrato com a Dryworld era mais rentável ao Fluminense do que o novo acordo com a Under Armour. No entanto, a expertise da marca norte-americana, que patrocina o São Paulo e outros clubes sul-americanos e europeus, deixa o clube confiante na parceria. O Tricolor não espera sofrer com problemas no fornecimento e distribuição do material esportivo.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos