Goleiro de adversário do Arsenal é investigado após comer torta em jogo

Na classificação do Arsenal diante do Sutton United, em duelo pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra, o placar (2 a 0) acabou ficando em segundo plano. Isso porque, Wayne Shaw, goleiro do time eliminado, roubou as atenções ao ser flagrado comendo uma torta no banco no de reservas.

E o que era para ter sido apenas alvo de risadas virou caso de investigação na Inglaterra. Explica-se: conhecido por estar em ação aos 45 anos e ser detentor de um porte físico avantajado (115 kg), Shaw admitiu que sabia que uma casa de apostas estava oferecendo 8 libras para quem apostasse que ele comeria uma torta durante o jogo, o que aconteceu quando os Gunners já venciam.

- Alguns dos rapazes me disseram antes: 'O que está acontecendo com o 8-1 para comer uma torta?' Eu disse: 'Eu não sei, eu não comi nada o dia todo, então eu poderia comer mais tarde - disse o goleiro após a partida.

- A Sun Bets tinha 8-1 para comer uma torta. Eu pensei: vamos dar um pouco de brincadeira e vamos fazer. Todas as substituições haviam sido feitas e nós estávamos perdendo por 2 a 0 - concluiu.

De acordo com o jornal britânico "The Guardian", a Federação Inglesa de Futebol (FA, na sigla em inglês) pode investigar o caso, que rapidamente tomou conta das redes sociais e viralizou.

O diário frisa que as regras da FA dizem que "um participante não pode apostar, direta ou indiretamente, ou instruir, permitir, causar ou permitir a qualquer pessoa que apostou saber o resultado, progresso, conduta ou qualquer outro aspeto ou ocorrência num jogo ou numa competição".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos