Preparador acredita que ainda é cedo para Fabuloso estrear contra o Fla

O nome de Luis Fabiano apareceu na manhã desta quarta-feira no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e o atacante, no que diz respeito a documentação, está livre para jogar pelo Vasco. Porém, Eduardo Moreno, preparador físico que trabalhou com o Fabulo no período que ele treinou na China, acredita que ainda é cedo o jogador fazer sua estreia contra o Flamengo, pela semifinal da Taça Guanabara, que está prevista para este sábado.

- É difícil eu falar antes de ver como ele vai encarar o treinamento durante a semana. É difícil prever como o atleta vai responder aos treinamentos. Eu posso falar que o Luis Fabiano, fisicamente, está bem. O que faltou na China, por conta das adversidades que enfrentamos, foi contato com bola. Está faltando finalização, situação de um contra um, coletivo. Contato com bola está faltando, realmente. Na minha opinião, é um pouco cedo demais. Mas creio que o Vasco está muito bem assessorado, com preparadores físicos e fisiologistas. Se eles julgarem necessário, creio que eles vão estar bem fundamentados para isso - disse o preparador em entrevista no 'Troca de Passes', da SporTV.

Moreno conta que ficou trabalhando cinco semanas com Luis Fabiano e fisicamente ele está bem. No entanto, ele disse que ainda é preciso que o atacante faça mais treinos com bola.

- A preparação dele começou uma semana antes de a gente embarcar para a China, perdurou pelas quatro semanas que ele ficou lá, fazendo a rescisão de contrato. Durante todo esse tempo, a gente enfrentou várias adversidades, várias dificuldades. Creio que hoje a forma física do Luis Fabiano está muito boa (...) O que a gente conseguiu treinar foi a parte física. Ele está muito bem fisicamente, e a característica dele é a explosão. Mas o jogador não é só físico, ele precisa de contato com a bola. Mas creio que, se fizerem uma avaliação, vão ver que a parte física dele está muito boa.

Luis Fabiano fez seu primeiro treino pelo Vasco na tarde da última-terça-feira. Na atividade, o atacante matou as saudades da bola e também do gol. Ele fez um treino técnico em espaço reduzido com ênfase na troca de passes. Logo depois, realizou um trabalho físico separa do elenco. Na parte final do treinamento, ele participou de um mini-coletivo e deixou sua marca duas vezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos