Aliviado pela classificação, Jair exalta Gatito: 'Vaga com a cara do Botafogo'

Alívio e felicidade. Esse era o sentimento do técnico Jair Ventura depois do triunfo nos pênaltis contra o Olimpia-PAR, no Defensores del Chaco, que levou o Botafogo para a fase de grupos da Libertadores. Na coletiva depois da sofrida classificação, o comandante lembrou da dura sequência de lesões do Botafogo e aproveitou para enaltecer Gatito Fernández - o grande herói - pela partida.

- Tem coisas que só acontecem com o Botafogo. Perdemos uma substituição por conta da lesão do Helton. Mais uma lesão atrapalhando nossos planos. Perdemos o Montillo, o Jonas (por cartão)... Difícil. Muitas coisas difíceis. Foram quatro finais em 30 dias para nos prepararmos. Fomos na raça, na garra, na intensidade. A cara do Botafogo. Hoje tivemos resiliência. Tínhamos nossa estratégia para atacar, mas não conseguimos a transição rápida. Com passes em velocidade. Foi para os pênaltis - afirmou o comandante, que não perdeu a chance de exaltar a partida feita por Gatito Fernández nas penalidades.

- E numa noite feliz do Gatito e dos nossos cobradores, conseguimos essa tão sonhada classificação. Pegamos dois gigantes sul-americanas. Mas o Botafogo é gigante também. Fico feliz. Agora começa a Libertadores. Fico feliz de ganhar de clubes grandes. Nos credencia a chegar mais fortes na fase de grupos.

Com a classificação, o Botafogo entra no grupo A, de Atlético Nacional-COL, Estudiantes-ARG e Barcelona de Guayaquil. Sem estar classificado para as semifinais da Taça Guanabara, o Glorioso terá um período de recesso até o próximo compromisso, que deve ser na estreia da Taça Rio do Carioca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos