Kelvin: "O Vasco começa uma nova era. Será um grande ano"

  • Paulo Fernandes/Vasco.com.br

De alegria fácil, Kelvin faz a alegria da torcida do Vasco desde que chegou no início do ano. O atacante está em São Januário em empréstimo de uma temporada - vindo do Porto, de Portugal -, e com exclusividade falou com o LANCE! sobre o momento que vem vivendo no clube. Ainda não balançou as redes adversárias nos três jogos que disputou, mas espera fazer isso em breve. A próxima oportunidade é sábado, em Volta Redonda, no clássico com o Flamengo, valendo a classificação do Vasco para a decisão da Taça Guanabara.

Confira a seguir a primeira parte da exclusiva de Kelvin. Ainda nesta quinta-feira será publicada a segunda parte da entrevista aqui no LANCE!.

O que te motivou a vir para o Vasco?

Foi um clube que me procurou desde dezembro, quando acabou o Campeonato Brasileiro. Investiu em mim. Infelizmente não pude vir no começo pois o Porto me mandou voltar para lá. Quando um clube o procura, você fica feliz. Abracei a causa e vim. É um clube conhecido mundialmente, um peso que estou carregando muito grande que é a camisa do Vasco.

O que pretende no Vasco?

Tenho contrato de empréstimo até dezembro. Quero fazer um grande ano, como fiz no São Paulo ano passado com 46 jogos. Será um grande ano. Quero fazer mais do que eu fiz no São Paulo. Tive bons momentos no São Paulo, algumas lesões, esse ano pretendo não ter lesões. Procuro me cuidar bem, me evoluir e ajudar o Vasco a conquistar algum título.

Vai ter algum gosto especial um Vasco x São Paulo, já que defendeu o clube paulista antes?

Sim. Vai ser um grande jogo, tenho amigos lá, conheço a maioria e espero vencê-los.

O que espera do clássico no fim de semana com o Flamengo?

Estamos nos preparando bem com os trabalhos. É um jogo importante, tem também o fato de que o Vasco tem um bom histórico nos últimos clássicos. Vamos brigar pela classificação.

Muitos não acreditam no potencial do Vasco. Como vocês lidam com isso?

A torcida, em relação a isso, o povo que vê o Vasco nesse momento, possui razão. Isso por conta de o Vasco não vir de alguns anos bons. Todo mundo sabe. Pela grandeza do Vasco como você disse... O Vasco caiu e isso não é normal.

Tem algum tipo de pé atrás?

A torcida fica com um pé atrás por isso. É um novo ano. Quando cheguei aqui, me chamaram na diretoria e me passaram os projetos do Vasco. Todo mundo está com a cabeça em levantar o Vasco. Estamos montando uma grande equipe. Luis Fabiano chegando, por aí já vê que está se iniciando uma nova era do Vasco.

Como acha que irá se encaixar no ataque do Vasco com a entrada de Luis Fabiano?

Eu não sou treinador, não posso me escalar. Mas tive alguns jogos, seria muito bom. Nenê, Martin Silva, Rodrigo, são jogadores experientes. Gilberto, que estamos indo bem pela direita... Luis Fabiano nem se fala. Estamos nos entrosando para que o Vasco consiga ir bem em todas as competições que for disputar.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos