Felipe Melo fica fora, e parte física vai definir se Borja estreia ou não

O Palmeiras não terá Felipe Melo no jogo contra a Ferroviária, às 16h30 deste sábado, no Allianz Parque. Com o rosto ainda muito inchado após levar 13 pontos no supercílio esquerdo, o volante será preservado desta partida. Por outro lado, há chance de Miguel Borja ficar no banco e estrear no segundo tempo. O atacante colombiano está inscrito no Paulistão e agora depende da parte física para ser relacionado.

- Vamos avaliar. Ele chegou hoje de manhã, em dois dias teve a premiação (Rei da América de 2016, entregue no Uruguai) e a parte burocrática, mas vamos avaliar direitinho. Se tiver condição de atuar um pouco, por que não? Vou falar com o departamento físico e com o jogador - disse Eduardo Baptista, nesta sexta, antes de comandar um treino fechado.

Borja perdeu os treinos de quarta e quinta-feira e se reapresentou na manhã desta sexta-feira. Ele ainda segue um cronograma especial de atividades físicas, já que não fez toda a pré-temporada, e a ausência em dois dias de atividades pode fazer com que a estreia seja adiada. Na verdade, o Palmeiras vinha trabalhando para tê-lo em perfeitas condições na estreia da Libertadores, dia 8 de março, contra o Tucumán. A lesão de Moisés acabou antecipando a inscrição do reforço no Estadual.

- Acho muito difícil ele iniciar o jogo pela parte física. A gente ia soltá-lo na semana que vem, já preparando para a Libertadores. Mas de segunda para cá teve um turbilhão (lesão de Moisés e derrota no Dérbi). Se a gente levar, com certeza ele fará a estreia, é um jogador decisivo, importante. Não vejo ele suportando 90 minutos, mas se puder fazer 30 minutos bem feito, pode ajudar muito.

O principal candidato a substituir Felipe Melo é Thiago Santos. Na frente, a tendência é de que Willian seja mantido como centroavante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos