Klopp compara demissão de Ranieri a Trump e Brexit: 'Decisões estranhas'

A demissão de Claudio Ranieri segue gerando controvérsias na Inglaterra. Alguns treinadores demonstraram indignação com a decisão do Leicester, assim como a imprensa e torcedores. Um desses técnicos foi o alemão Jürgen Klopp, do Liverpool. Ele comparou a queda do italiano com a saída do Reino Unido da União Europeia e à eleição de Donald Trump.

- O que posso dizer? Se estou surpreso que coisas como essas aconteçam? Não. E não é apenas no futebol. Para mim, houve algumas decisões estranhas em 2016/17: Brexit, Trump, Ranieri. Eu tenho que entender tudo o tempo todo? Obviamente, não - disse Klopp em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Na próxima segunda-feira, os Foxes encaram os Reds em casa, às 17h. Com a saída de Ranieri, o Leicester será comandado interinamente pelo auxiliar Craig Shakespeare.

- Eu não tenho ideia do porquê o Leicester fez isso. Todos podem ver a situação na Liga, a situação na Champions, na qual nós não estamos. Ele é uma pessoa realmente especial neste mundo, um cara muito legal. Eu o encontrei antes, quando ele me visitou em Dortmund, e tivemos uma boa conversa. Ele é uma pessoa maravilhosa. Talvez você tenha que ir a Leicester e perguntar a eles por que motivo fizeram isso - completou Klopp.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos