Borja estreia com gol, e Palmeiras goleia a Ferroviária

Prazer, Miguel Borja! O novo artilheiro do Palmeiras, herdeiro da camisa 12 de São Marcos, estreou com gol na vitória elástica sobre a Ferroviária, por 4 a 1, neste sábado de Carnaval, no Allianz Parque. Keno, Michel Bastos e Róger Guedes marcaram os outros dos mandantes.

O Palmeiras versão 2017 tem dificuldades para sair com a bola da defesa e para furar defesas muito congestionadas. Ontem, foi bem nos dois quesitos na etapa inicial.

Eduardo Baptista, tão criticado após a derrota para o Corinthians, acertou ao escalar Zé Roberto como volante ao lado de Thiago Santos, com Michel Bastos, Dudu e Keno formando uma linha de três armadores à frente deles e atrás de Willian. Todos os citados, inclusive o centroavante, apareciam para dar opção na saída de bola. O fato de a Ferroviária não subir a marcação também ajudou, e o Verdão passou todo o primeiro tempo sem dar chutões.

O gol de Keno, aos 13 minutos, foi um exemplo disso. A bola saiu do campo de defesa pelo chão e assim foi até chegar à área: de Vitor Hugo para Dracena, de Dracena para Willian, de Willian para Michel, de Michel para Jean, de Jean para Willian, e finalmente de Willian para Keno marcar.

As chances se multiplicaram, a maioria com jogadas trabalhadas. Dudu, Keno e Willian poderiam ter ampliado ainda antes do intervalo, mas não o fizeram e o time voltou para o segundo tempo sem o mesmo ritmo. A Ferroviária subiu a marcação, dificultou a saída de bola palmeirense e cresceu. O jogo ficou perigoso.

A tocida já começava a ficar impaciente quando Eduardo Baptista chamou Borja, aos 20. Antes que ele pudesse entrar sob muitos aplausos no lugar de Willian, Michel Bastos fez 2 a 0 após receber de Jean em uma cobrança de falta ensaiada.

A arena estava em êxtase quando Borja entrou, aos 22, mas o mesmo Michel trouxe a Ferroviária de volta ao jogo ao espalmar um chute de Alan Mineiro dentro da área. O próprio Alan, na segunda tentativa, converteu o pênalti - Prass defendeu a primeira, mas juiz anulou.

Diante da tensão, alguns até esqueceram que Borja estava em campo. Mas ele estava, sim, e pronto para decidir. Aos 37, o goleador roubou uma bola no meio, tabelou com Dudu e finalizou como bom centroavante que é para dar seu cartão de visitas. Três minutos depois, a festa ficou completa com o cabeceio de Róger Guedes após a falta cobrada por Raphael Veiga, dupla que também saiu do banco.

Com o resultado, o Palmeiras chega a 12 pontos na liderança do Grupo C do Paulistão, já a Ferroviária está na lanterna do Grupo B, com apenas cinco pontos. Na próxima rodada o Verdão enfrenta o Red Bull fora de casa, e o time de Araraquara recebe o São Bento.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 4 X 1 FERROVIÁRIA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Data-Hora: 25/2/2017 - 16h30

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Fabio Rogerio Baesteiro

Público/renda: 26.201 pagantes/R$ 1.574.120

Cartões amarelos: Fernando Prass, Michel Bastos, Thiago Santos e Keno (PAL), Léo Veloso, Fábio Souza e Flávio (FER)

Cartões vermelhos: -

Gols: Keno (13'/1ºT) (1-0), Michel Bastos (20'/2ºT) (2-0), Alan Mineiro (31'/2ºT) (2-1), Borja (37'/2ºT) (3-1), Róger Guedes (40'/2ºT) (4-1)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos (Raphael Veiga, aos 29'/2ºT); Keno (Róger Guedes, aos 27'/2ºT), Michel Bastos, Zé Roberto e Dudu; Willian (Borja, aos 22'/2ºT). Técnico: Eduardo Baptista.

FERROVIÁRIA: Matheus; Willian Cordeiro, Patrick, Leandro Amaro e Léo Veloso; Flávio (Juninho, aos 13'/2ºT), Claudinei, Fábio Souza (Bruno Lopes, aos 23'/2ºT) e Alan Mineiro; Capixaba e Elder Santana. Técnico: PC de Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos