Ramalhão falha e Linense não vacila no ABC

O Linense derrotou por 2 a 0, o Santo André, fora de casa, no Bruno José Daniel, continuando a sua recuperação após a chegada do treinador Márcio Fernandes (um empate e uma vitória).

Os gols foram no primeiro tempo, marcados por Gabrielzinho e Pio - num frangaço do goleiro Zé Carlos. A vitória leva o Linense aos sete pontos no Grupo B (do líder São Paulo). O Santo André permanece com seis pontos no C (do Palmeiras). O Linense mostrou boa qualidade defensiva, anulando as principais jogadas do Ramalhão e sabendo aproveitar as suas chances para conseguir a vitória em erros do rival logo nos primeiros minutos. Aos 11, quando, após cruzamento da esquerda, o garoto Gabrielzinho se antecipou aos marcadores e deu um toquinho, matando o goleiro Zé Carlos. Pouco depois, aos 16, Pio arriscou um chute de fora da área. Era de fácil defesa para o goleiro Zé Carlos, mas o herói do acesso do Santo André tentou encaixar e deixou a bola passar por entre as mãos. Depois disso o Linense se fechou com eficácia e não deu chances para uma reação do Santo André.

- Entramos com uma tática diferente e não deu certo, pois erramos duas vezes e numa delas tive minha primeira falha desde que cheguei ao clube. A torcida não deve por a culpa no técnico. Nós erramos no jogo. Agora, teremos de buscar o resultado fora de casa na próxima rodada contra um grande, o São Paulo. Não será fácil - disse Zé Carlos ao SporTV.

Apesar da falha, foi o único aplaudido pela torcida do Santo André, que vaiou de mais o time após a segunda derrota em casa. No Linense, alívio pela reação nos últimos jogos.

- O time é bom e sabíamos que o resultado viria. A está gente no caminho certo. Agora teremos um jogo de seis pontos em casa, contra o Novorizontino e precisamos manter a pegada - disse o veterano Carleto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos