Walter agride companheiro e é afastado do Goiás

O atacante Walter voltou a ser o centro de uma polêmica neste Carnaval. O jogador foi afastado da delegação do Goiás que está na cidade de Rio Verde (GO) para enfrentar o time local pelo Campeonato Goiano. Isso porque ele agrediu o goleiro Matheus no treino de sexta-feira. O colega do atacante chegou a ficar inconsciente e a ser internado por conta da agressão.

Mesmo após o incidente Walter viajou com a delegação para Rio Verde, porém, o presidente do Goiás, Sérgio Rassi, ordenou o seu retorno para a capital. O clube então soltou o seguinte comunicado: "Quando tomou conhecimento dos fatos ocorridos no treinamento de sexta-feira, envolvendo o atacante Walter e o goleiro Matheus, a presidência do clube determinou que Walter retornasse à Goiânia. Em seu lugar a comissão técnica convocou Aylon, que já se juntou a delegação em Rio Verde".

Agora Walter terá seu caso analisado pela presiência do clube e uma rescisão de contrato não está descartada. O fato aconteceu poucos dias depois do jogador ter prorrogado compromisso com o clube goiano até o fim deste ano.

Tendo surgido para o futebol no Internacional no fim da década passada, Walter foi negociado com o Porto, de Portugal, onde atuou por duas temporadas, sendo emprestado ao Cruzeiro. Porém, foi em 2013, no Goiás, que o jogador viveu o melhor momento de sua carreira. Também teve passagem pelo Fluminense e pelo Atlético-PR. Ao longo da carreira sempre travou uma luta contra a balança.

O Goiás enfrenta o Rio Verde neste sábado, às 16h(de Brasília), no Estádio Mozart Veloso do Carmo, pela sétima rodada do Campeonato Goiano. O time divide a liderança do Grupo A com o Vila Nova, ambos com 11 pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos