Primeiros dez jogos de 2017 mostra Vasco aquém. Cristovão mira melhora

A derrota para o Flamengo no sábado marcou o fim dos jogos em fevereiro do Vasco, que chegou a marca de dez partidas já disputadas em 2017. O caminho inicial da temporada, porém, não está animando o torcedor. Oscilações nos desempenhos dos jogadores vêm prejudicando o rendimento da equipe, que não conseguindo emplacar, atrapalha ainda o planejamento de um ano tranquilo. Por enquanto, o discurso é o de a sequência esperada aparecer com os reforços 100%.

Nos Estados Unidos, na disputa da Florida Cup, torneio de pré-temporada, o Vasco entrou em campo três vezes e jogou bem somente na estreia. Na oportunidade, vitória sobre o Barcelona, do Equador. Depois ainda vieram pela frente Corinthians e River Plate, e as primeiras oscilações negativas apareceram na equipe comandada pelo técnico Cristovão Borges. Isso se repetiu na estreia do Campeonato Carioca, na goleada sofrida para o Fluminense.

O primeiro bom jogo do Vasco em 2017 foi apenas na quinta vez que entrou em campo, diante do Bangu, vencendo por 3 a 1. Ainda teve pela frente uma boa atuação diante do Santos-AP na abertura na Copa do Brasil, mas já se esperava pelo fato de o elenco vascaíno ser muito superior em comparação ao adversário. O jogo apático contra o Flamengo que tirou o Vasco da final da Taça Guanabara mostrou a necessidade de mais. E logo.

- Essas oscilações são normais, vão acontecer. Os jogadores contratados, quase todos, estavam sem jogar há muito tempo. A gente tem conseguido melhorar a forma de quase todos eles. O Luis Fabiano, por exemplo, queríamos muito que ele participasse, mas era arriscado. A gente tem oscilado nos resultados. Estamos procurando regularidade. Isso só conseguimos com vitória - comentou o técnico Cristovão Borges em entrevista coletiva após a eliminação para o Flamengo.

O torcedor espera que a apresentada oscilação do Vasco não atrapalhe mais a equipe nesta temporada. Na quarta-feira, diante do Vila Nova, Cristovão Borges e seus comandados possuem outra decisão pela frente na segunda fase da Copa do Brasil. No terceiro mês do ano, atribuir falta de ritmo como argumento em uma derrota não deve ser mais bem visto pelos torcedores. Neste domingo, o elenco já se reapresenta, sem folga no Carnaval, para buscar engrenar em 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos