Briga na zaga se acirra, e Santos pode ter dupla inédita em clássico

  • Ivan Storti/ Santos FC

Setor que mais sofre alterações desde o ano passado, a zaga do Santos poderá passar por nova mudança antes do clássico contra o Corinthians, no sábado, às 18h30, na Arena. Na partida contra o Botafogo-SP, Yuri foi substituído com fortes dores nas costas e é dúvida para o clássico.

Ao mesmo tempo, o técnico Dorival Júnior gostou da atuação de Cleber, que entrou no lugar do camisa 25. O recém-contratado havia feito apenas um jogo antes, no qual foi expulso, mas tem chances de enfrentar o ex-clube.

Outro que teve postura elogiada pela comissão técnica foi o jovem Lucas Veríssimo. Antes titular, ele recuperou o posto com a suspensão de Cleber e deu conta do recado na vitória por 2 a 0 na última partida.

Sobre a dupla titular no clássico de sábado, Dorival admitiu ter dúvidas.

"Vamos ver recuperação do Yuri. Não sei a situação dele. Equipe vinha bem com ele, se manteve bem com Cleber. Cleber adquire condição melhor, com tempo e treinamentos. Saída dele pela expulsão deu mais uma semana de trabalhos fortes e isso foi importante. Aos poucos vamos recompor essa equipe. De domingo para frente queremos ter todos à disposição ", disse o treinador em sua última entrevista.

Caso Cleber e Lucas Veríssimo sejam os escolhidos, o Peixe terá uma formação inédita. Eles nunca formaram o miolo da defesa, já que o mais jovem ganhou a posição primeiro e atuou ao lado de Yuri.

Além do trio, David Braz, titular até o ano passado, está recuperado de uma lesão na panturrilha direita e já treina junto do elenco.

Em 2016, a dupla titular na defesa era formada por Luiz Felipe e Gustavo Henrique, ambos no departamento médico por conta de ruptura do ligamento do joelho. A previsão de volta dos dois é até maio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos