Longuine muda jogo e ganha lobby de Dorival por renovação no Santos

O meia Rafael Longuine chegou ao Santos em maio de 2015, mas seu futuro pode ter sido decidido apenas no último sábado, quando entrou e mudou a história da vitória sobre o Botafogo-SP.

Na vaga de Leandro Donizete, o camisa 17 deu novo fôlego ao Peixe na partida, que jogava mal até então. Antes de fazer o gol que decretou a vitória, ele achou espaços nos lados do campo e criou jogadas, o que não era visto com frequência.

Ao fim da partida, o técnico Dorival Júnior se rendeu à atuação e não deixou de falar sobre o futuro de Longuine na Vila Belmiro.

- Rafael entrou muito bem. É um jogador que sempre tem contestação e é um jogador muito útil, sempre presente, e quando entra produz bem. Aguardou oportunidade, teve paciência e foi muito importante hoje (sábado). Um volante que chegou no gol do adversário duas ou três vezes. Foi um jogo complicado - destacou o comandante santista.

Longuine tem contrato com o Peixe até o dia 31 de maio e não havia sido procurado até o lobby do treinador.

Meia de origem, ele não conseguiu buscar espaço em meio à concorrência com Lucas Lima, Vitor Bueno e Jean Mota. Sob o comando de Dorival, passou a ser testado como segundo volante, mas ainda assim teve dificuldades.

Porém, o técnico bateu o pé e não aceitou liberá-lo para clubes do exterior e para o Coritiba. Nos próximos dias, seu representante deverá ser chamado para negociar a extensão de contrato.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos