Com o melhor ataque do Carioca, Fla encara o Flu, que ainda não levou gol

  • FRANKIE MARCONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O clássico da decisão da Taça Guanabara do próximo domingo tem tudo para ser o melhor jogo do Campeonato Carioca até o momento. Flamengo e Fluminense têm as melhores campanhas da competição na primeira fase e estão se destacando por marcarem muitos gols e levarem poucos.

O Flamengo é a equipe com o maior número de gols marcados na competição até o momento. Foram 18 vezes que o time rubro-negro balançou as redes adversárias no Estadual. No grupo B, o Flamengo fez a melhor campanha e classificou com a primeira colocação. 17 gols foram na primeira fase e um foi na semifinal contra o Vasco, marcado pelo meia Diego, de pênalti.

Nesta boa fase do setor ofensivo, quem vem se destacando com muitos gols é o atacante Paolo Guerrero. O camisa 9 já marcou seis vezes, em seis partidas disputadas no competição, média de um gol por jogo. Diego fez quatro vezes e o argentino Mancuello marcou três.

Diego inclusive não sabe o que é perder clássicos com a camisa do Flamengo. Desde que chegou no ano passado, foram três vitórias e um empate. Aliás, em 24 partidas, o camisa 35 só perdeu um jogo. No Brasil, o Flamengo é a equipe que tem a melhor média de gols neste início de temporada, são três por jogo.

Trauco também é um dos destaques ofensivos do Flamengo. O lateral peruano já deu 5 passes para gol desde que chegou no início do ano e também já deixou sua marca, contra o Boavista.

A última vez que Flamengo e Fluminense se enfrentaram em uma final de Taça Guanabara foi em 2004. Na ocasião, o Flamengo levou a melhor por 3 a 2, com gols de Fabiano Eller, Jean e Henrique (Contra). Antônio Carlos e Roger fizeram para o tricolor das Laranjeiras.

Missão do Flamengo é furar a única defesa do Brasil que ainda não levou gols no Campeonato Estadual. Quando perguntado sobre ter a melhor defesa ou o melhor ataque, Arão ficou com o setor ofensivo, que tem que funcionar para que o time saia com a vitória.

"To ali no meio, não posso ir para um lado nem para o outro (risos). Fazer gol é muito importante, quem faz gol vence então escolho ter o melhor ataque", disse o camisa 5 do Flamengo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos