Em forma de protesto, Napoli pode entrar com reservas diante da Juve

  • Franco Castaño / Associated Press

    Iniciativa seria liderada pelo presidente Aurelio De Laurentiis

    Iniciativa seria liderada pelo presidente Aurelio De Laurentiis

A primeira ida das semifinais da Copa da Itália segue ecoando. E de forma negativa. Nesta quarta-feira, um dia após a vitória de 3 a 1 da Juventus sobre o Napoli, o jornal "Corriere dello Sport" afirma que o time de San Paolo pode entrar com o time reserva na volta, marcada para o dia 4 de abril, em Nápoles.

O diário traz que o caso ocorreria em forma de protesto, em iniciativa liderada pelo presidente, Aurelio De Laurentiis, que está nos Estados Unidos. O mandatário telefonou ao diretor Cristian Giuntoli deixando as indicações.

Os napolitanos chegaram a estar vencendo por 1 a 0, mas a Juventus deu a volta por cima e acabou levando 3 a 1 na bagagem graças a dois gols de pênalti. Um jogo que o próprio Giuntoli considerou "vergonhoso e prejudicial para a imagem do futebol italiano".

Nesta quarta, Lazio e Roma fazem o outro confronto das semifinais. Pela ida, o Derby della Capitale será realizado com mando do lado azul, primeiramente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos