São Paulo elimina o PSTC com show de Cícero e novos sustos

O São Paulo erra na defesa? Erra, claro. E é óbvio que é bom se preocupar em corrigir esses problemas. Mas talvez seja o momento da torcida do Tricolor esfriar a cabeça e curtir o bom futebol apresentado pela equipe em 2017. A goleada por 4 a 2 sobre o PSTC nesta quarta-feira é o exemplo. Houve tensão, mas houve muito mais festa com a vaga na terceira fase da Copa do Brasil.

Foram mais dois gols sofridos, chegando a 15 em dez partidas no ano. Números ruins, mas causados quase sempre por erros individuais, o que indicam duas coisas: não é o esquema ofensivo que os proporciona e há possibilidade de melhora, conforme o trabalho de Rogério Ceni for desenvolvido ao longo da temporada.

Quando João Schmidt, Breno e Bruno vacilaram em não dar o bote em Lucão no primeiro gol paranaense em Londrina, o placar já estava 1 a 0 para o São Paulo. O oportunismo de Cícero garantiu o tento, após rebote do goleiro Juninho. O camisa 8 marcou pela primeira vez desde seu retorno e foi essencial para controlar os nervos do time e a vantagem até a classificação para a terceira fase ser consumada.

Eram passes precisos, viradas de jogo, controle de bola e ritmo. E muita eficiência no ataque. Assim, ainda no primeiro tempo, tabelou com Pratto e fez o segundo. Cueva, de pênalti, deu o 3 a 1, mas o intervalo chegou com nova falha. Breno errou o tempo de bola, deixou Bruno vendido e Carlos Henrique descontou.

Os problemas defensivos deixaram os jogadores tensos na hora de marcar, sempre receosos de serem os próximos culpados. Era preciso colocar a cabeça no lugar, a bola no chão, como Cícero fez. Recebeu de Bruno, observou o goleiro e mandou, de fora da área, rasteiro no canto esquerda. Belo gol - o 19º pelo Tricolor - de uma bela vitória. Nervosa, é verdade, mas de um futebol vistoso e competitivo.

FICHA TÉCNICA

PSTC 2 X 4 SÃO PAULO

Local: Estádio do Café, Londrina (PR)

Data-Hora: 1/3/2017 - 19h30

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ)

Público/renda: 14.604 pagantes/R$ 750.740,00

Cartões amarelos: Lucas Trindade, Santiago e Denilson (PSTC), Wellington Nem, Thiago Mendes e Luiz Araújo (SAO)

Cartões vermelhos: -

Gols: Cícero (13'/1ºT) (0-1), Lucão (14'/1ºT) (1-1), Cícero (35'/1ºT) (1-2), Cueva (42'/1ºT) (1-3), Carlos Henrique (44'/1ºT) (2-3); Cícero (26'/2ºT) (2-4)

PSTC: Juninho; Paulinho, Lucas Trindade, Marcão e Guilherme; Denilson (Dener, aos 16'/2ºT), Santiago, Erick e Gabriel Pimba (Rone Dias, aos 29'/2ºT); Lucão e Carlos Henrique. Técnico: Reginaldo Vital.

SÃO PAULO: Sidão; Bruno, Rodrigo Caio, Maicon (Breno, aos 7'/1ºT) e Júnior Tavares; João Schmidt (Araruna, aos 28'/2ºT), Cícero e Thiago Mendes; Luiz Araújo (Wellington Nem, aos 21'/2ºT), Cueva e Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos