Cannavaro afirma que Tianjin pode ir atrás de Lukaku, do Everton

  • Yves Herman/Reuters

    Lukaku está na mira do futebol chinês

    Lukaku está na mira do futebol chinês

A janela de transferências na China se encerrou na última terça-feira, mas os rumores de negociações de astros do futebol europeu seguem a todo vapor. O Tianjin Quanjian, que recentemente fechou com Alexandre Pato e Axel Witsel, quer outro atacante para o elenco. Em entrevista ao The Sun, o técnico da equipe asiática, o italiano Fábio Cannavaro, afirmou que gostaria de ter o belga Romelu Lukaku em seu elenco.

Apesar do interesse no atacante, é preciso convencer o Everton a liberá-lo ao fim da temporada, o que não deve ser uma tarefa das mais simples. No entanto, Cannavaro já teria até um trunfo para ter sucesso na empreitada.

"É possível que conversar com Romelu Lukaku, mas o problema é que o Everton não quer uma saída. Não é uma preocupação minha que ele é um jovem. Algumas pessoas pensam que um jogador como ele não viria para a China, mas se encaixaria perfeitamente. Veja Oscar. Ele tem 25 anos e trocou o Chelsea pelo Shanghai SIPG. Futebol é igual em todo lugar do mundo e todos os jogadores querem jogar em um time vencedor."

O Tianjin tem cinco estrangeiros em seu elenco, mas só pode utilizar três por jogo: os atacantes Alexandre Pato, Geuvânio e Júnior Moraes, além do belga Witsel e o sul-coreano Kwon Kyoung-Wow.

Cannavaro disse ainda que gostaria de contar com Nainggolan, da Roma, mas descartou Fellaini, do Manchester United.

"A seleção belga tem grandes jogadores que são interessantes para os clubes chineses. Eu estava entusiasmado no Radja Nainggolan, do Roma, já que ele poderia conseguir um passaporte asiático."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos