Conflito entre Özil e Mou vem à tona: 'Não precisamos de você, covarde'

Hoje rivais na Inglaterra, Mesut Özil e José trabalharam juntos nos tempos de Real Madrid. E a relação contou com um episódio bastante conturbado no vestiário merengue. Nesta quinta-feira, o jornal "Bild" publicou um polêmico trecho da autobiografia do meia alemão, a ser lançada em breve.

- Pensa que dar dois passes bonitos é suficiente, acredita mesmo que você seja tão bom que jogar 50% basta?! - disparou Mourinho, à época, após uma partida do Real Madrid.

De acordo com o diário alemão, Özil, desaprovando as palavras do comandante português, teria atirado a camisa branca no chão e virado as costas.

- Então vai desistir? És uma criança, não precisamos de você, covarde. Quer rastejar para o chuveiro e tomar um banho de água quente? Quer colocar xampu no cabelo e estar sozinho? Ou quer mostrar aos teus companheiros, aos torcedores e a mim o que pode fazer? - prosseguiu o Special One.

Atualmente no Arsenal, Özil, contudo, deixou claro que o caso em nada afetou a sua admiração pelo atual treinador do Manchester United.

- A verdade é que eu sempre gostei dele - afirmou o craque da Alemanha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos