Wenger descarta assumir o Barcelona: "Preferência sempre foi o Arsenal"

  • Sven Hoppe/dpa via AP

Técnico mais longevo da Europa, Arsène Wenger comentou sobre a possibilidade de assumir o comando do Barcelona ao fim desta temporada, uma vez que Luis Enrique anunciou que irá deixar o clube catalão em breve. O francês, em tempo, também está em sua reta final de vínculo com o Arsenal.

"Não, minha preferência sempre foi a mesma e continuará a mesma. Claro que não estou procurando por trabalhos em outros clubes ou trabalhar com outras pessoas. Estou focado em mim, em alcançar o próximo nível e em tentar melhorar e sempre tentar ver o que você pode fazer melhor e se reinventar, e isso é o que tento fazer. É basicamente isso", disse Wenger, completando:

"Estou aqui há 20 anos e tive muitas vezes a oportunidade de sair, então eu não acho que eu tenho que convencê-lo que minha preferência sempre foi o Arsenal. Mas é claro que sou objetivo e lúcido o suficiente para tomar a decisão certa para mim mesmo, assim como o clube. O clube é livre para tomar a decisão que quer e respeitarei isso", concluiu.

Aos 67 anos, Arsène Wenger vem sendo bastante contestado pela torcida dos Gunners - e não é de hoje. O clube londrino, sob o seu comando, não vence a almejada Premier League desde 2004.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos