Criticado por Micale, Tite diz: 'Terá momento oportuno para falarmos'

Após as críticas de Rogério Micale, campeão olímpico com a Seleção no ano passado, o técnico Tite evitou polêmica e disse que irá se pronunciar sobre o assunto em outro momento.

Em entrevista ao LANCE!, Micale afirmou que Tite e o coordenador de seleções, Edu Gaspar, "surfaram na onda da Olimpíada" e apontou falta de transparência da dupla. O medalhista de ouro foi demitido no mês passado, após desempenho ruim da Seleção Sub-20 no Sul-Americano, no qual não conquistou nem mesmo vaga para o Mundial da categoria.

- Eu tenho um respeito muito grande pelo Micale. E tenho também que ter responsabilidade e foco muito grande de estar prestando o serviço à Seleção. Fique tranquilo que terá o momento oportuno para conversarmos a respeito. E a essência desse momento é a convocação e a busca pela classificação para a Copa-2018. No momento oportuno ela vai ocorrer - afirmou Tite, durante convocação para as partidas contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias.

Micale se queixa de não ter sequer recebido um telefone de Tite após a demissão da CBF.

- O sucesso tem muitos pais. O fracasso se torna órfão. Quando a conduta é igualitária, a postura é a mesma na vitória e na derrota. Tive esse procedimento quando o Dunga saiu: conversei, liguei, porque ele tinha me dado oportunidade. Não estou falando de carinho, mas de ética. A troca é perfeitamente aceitável, normal, se fosse feita de forma transparente - disse o campeão olímpico, ao L!.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos