Fluminense pode voltar a atuar no Giulite Coutinho na Copa do Brasil

Dois meses após ter parte da cobertura da arquibancada por forte chuva e vento, o Giulite Coutinho já está liberado pela Defesa Civil e pelo Ministério Público para voltar a receber jogos de futebol. O América já realizou as obras de reparo e agora o Fluminense trata com o Corpo de Bombeiros a liberação de Edson Passos.

No momento, são duas pendências: o Certificado de Registro, que determina capacidade por arquibancada, e o Laudo de Proteção Contra Incêncio (LPCI). A expectativa é que os documentos estejam aptos em 10 dias.

Assim, o Fluminense pode voltar ao estádio em Mesquita na partida de volta contra o Criciúma, pela terceira fase da Copa do Brasil, no próximo dia 15.

Com o Maracanã fechado em 2016, o Tricolor adotou Edson Passos como casa no segundo semestre da temporada passada. Os clubes já haviam acordado em prorrogar o acordo para os primeiros meses de 2017, mas o acidente frustrou os planos do Flu, que pasou a atuar em Juiz de Fora, Bangu e Xerém.

Agora, com o estádio prestes a estar novamente apto a receber jogos, América e Fluminense irão revisar e oficializar o acordo por partidas em Edson Passos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos