Zé espera que primeiro tempo ruim sirva de lição para a Libertadores

Após a derrota nos pênaltis para o Fluminense neste domingo, no estádio Nilton Santos, o técnico Zé Ricardo admitiu o fraco desempenho do rubro-negro na primeira etapa da decisão da Taça Guanabara e avaliou alguns lances da partidas com "estranhos". Comandante espera que erros não se repitam contra o San Lorenzo (ARG), na próxima quarta-feira, pela Libertadores.

- O primeiro tempo foi atípico. A gente vem sendo marcado por um equilíbrio defensivo muito grande, faltou uma concentração competitiva no primeiro tempo. Faltou também fazer a leitura da estratégia defensiva do Fluminense. Uns lances até estranhos e isso tira a responsabilidade. Uma final de campeonato com seis gols, vamos enaltecer o comportamento das duas torcidas. Foi um grande espetáculo e o Fluminense esteve mais concentrado que a nossa equipe e teve merecimento na vitória.

- Queríamos vencer, por tudo que estamos passando. Infelizmente não fizemos um primeiro tempo do nosso nível . Eles sabem que fizeram bem abaixo da nossa média de atuação e que sirva de alerta para quarta-feira, na competição mais importante do continente. Vamos usar de lição - completou Zé Ricardo.

Mesmo ficando sem o título, o Flamengo segue invicto na temporada. O treinador rubro-negro reforçou a boa sequência e reconheceu o melhor desempenho do Fluminense. Treinador pediu também para que jogadores fiquem com confiança para a estreia da Libertadores.

- Continuamos invictos, empatamos o jogo . Nos pênaltis o Fluminense foi mais competente que a gente, vamos agora tentar recuperar rapidamente todo mundo. Pedi nos vestiários para que a confiança fique alta, mesmo com uma partida não tao brilhante, fomos buscando o resultado. Quarta espero uma equipe concentrada e sem repetir os erros de hoje contra o San Lorenzo.

Por fim, Zé Ricardo exaltou também a postura do Flamengo dentro de campo e a força para buscar os resultados adversos dentro da partida.

- Fomos buscar os resultados duas vezes, lances confusos. Pará escorregou, viramos e mostrou que a equipe tem força. O resultado do primeiro tempo traduziu o que não queríamos ter tido.

- Tivemos uma boa oportunidade com Berrío, o Rômulo passava, mas ele não viu. Está todo mundo de parabéns, mesmo sem estar brilhante tecnicamente, mas buscamos o resultado e nos pênaltis o Fluminense foi mais feliz - completou, lamentando a chance perdida pelo colombiano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos