Palmeiras define novo presidente do Conselho e 'caso Leila' nesta segunda

  • Cesar Greco/Fotoarena

    Possível impugnação da eleição de Leila Pereira será julgada nesta segunda-feira

    Possível impugnação da eleição de Leila Pereira será julgada nesta segunda-feira

O Palmeiras terá uma importante reunião em seu Conselho Deliberativo na noite desta segunda-feira. Antes que os conselheiros eleitos no mês passado tomem posse, os atuais membros do órgão vão decidir se a candidatura de Leila Pereira, dona da Crefisa, será impugnada ou não. Com apoio do ex-presidente Mustafá Contursi, a empresária foi a mais votada na eleição e deve ser autorizada a exercer seus quatro anos de mandato.

Os conselheiros que entraram com pedido de impugnação se baseiam no argumento usado por Paulo Nobre, que tentou brecar a candidatura de Leila no último ato de seu mandato: ela seria sócia do clube desde 2015, e portanto não teria os oito anos necessários para concorrer. Mustafá Contursi alega que deu a ela um título de sócia benemérita em 1996, versão aceita pelo atual mandatário, Maurício Galiotte, o que permitiu que 248 sócios pudessem votar nela.

José Roberto Lamacchia, marido de Leila, recebeu 62 votos e também foi eleito. Ele foi o terceiro mais votado da chapa Palmeiras Forte, capitaneada por Mustafá.

Dos 76 conselheiros eleitos, 27 são da Palmeiras Forte, 27 são da chapa Palestra, 13 são da UVB e nove são da Academia, chapa apoiada por Paulo Nobre. Os 15 suplentes estão divididos entre Palestra (seis), Palmeiras Forte (cinco), UVB (dois) e Academia (dois).

Novo presidente do Conselho

Depois que o "caso Leila" for julgado e os novos conselheiros tomarem posse, será eleito um novo presidente para o Conselho Deliberativo do Palmeiras para o biênio 2017/2018 (com possibilidade de uma reeleição), já com votos dos recém-eleitos. Antônio Augusto Pompeu de Toledo está encerrando seu quarto ano no cargo e não pode se reeleger.

Os candidatos são Seraphim Del Grande, José Antônio Apparecido Júnior e Sylvio Mukai.

Seraphim Del Grande foi o homem forte do futebol do Palmeiras na década de 1990, época da Parmalat, e por um período curto em 2010. Ele tem o apoio de Mustafá Contursi, ex-presidente do clube e principal líder da chapa Palmeiras Forte na recente eleição para novos conselheiros. Consequentemente, também deverá ter o apoio do presidente Maurício Galiotte. É favorito ao cargo.

José Apparecido acaba de ser reeleito conselheiro pela chapa Palestra. Sua candidatura faz parte de um movimento para combater a influência de Mustafá no clube. Seu grupo foi contrário, por exemplo, à candidatura de Leila Pereira, dona da Crefisa, a uma vaga no Conselho.

Sylvio Mukai também conseguiu uma vaga no Conselho na última eleição. Associado desde 1999, ele faz parte da UVB, que tem como um dos líderes Wlademir Pescarmona, candidato à presidência do clube derrotado por Paulo Nobre em 2014.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos