Vasco prega estratégia sem loucuras por vantagem em duelo com Vitória

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O Vasco encara o Vitória pela terceira fase da Copa do Brasil e faz o primeiro jogo do mata-mata em São Januário, na próxima quinta-feira. Para avançar na competição, o discurso no clube é de que é preciso jogar com inteligência, já que a vaga será decidida em duas partidas. Comissão técnica e jogadores sabem da necessidade de aproveitar o fator casa para abrir vantagem, mas pregam uma estratégia equilibrada, sem loucuras, para não acabar levando gols em seus domínios, algo que não é bom.

"Temos a vantagem de jogar em casa agora e precisamos aproveitar, fazer um bom resultado e depois decidir fora de casa. A torcida quer o resultado. Temos que acolher os torcedores para que joguem junto conosco. Mas isso também é importante (não levar gols em casa). Comentamos isso. A gente está fazendo um grande trabalho durante a semana para que chegue na hora do jogo e não leve gols", comentou o atacante Kelvin.

Diferente das duas primeiras fases, agora a vaga será decidida em duas partidas. Kelvin conta que prefere a disputa assim e diz que a equipe precisa saber jogar dessa forma. Segundo ele, o Cruz-Maltino não pode ir para cima do time baiano de forma desordenada em busca de gols em casa, já que pode acabar castigado e ainda tem o duelo da volta, em Salvador.

"As duas primeiras fases foram um jogo só, então era aquela pressão de fazer o gol ou fazer o gol. Tínhamos que estar preparados para aquele jogo só. Agora já são dois jogos, então temos que saber jogar assim. Temos o primeiro jogo em casa e precisamos saber jogar. Não ir com loucura para cima deles porque ainda tem o jogo de volta", afirmou Kelvin, destacando que o Vasco tem potencial para brigar pelo título.

"Temos que saber jogar a Copa do Brasil, é uma competição diferente de todas as outras. Vamos procurar fazer um grande resultado aqui dentro de casa, procurar classificar para a próxima fase e no decorrer as coisas vão evoluindo para nossa equipe", completou.

Primeiro jogo do Vasco em casa nesta Copa do Brasil

O Vasco atuará em casa pela primeira vez nesta Copa do Brasil contra o Vitória, nesta quinta. Nas duas primeiras fases, o Cruz-Maltino jogou fora dos seus domínios contra o Santos-AP e o Vila Nova.

O duelo entre o Vasco e o Santos-AP, pela primeira fase, acabou sendo em Natal, no Rio Grande do Norte. O time amapaense era o mandante da partida, mas vendeu o mando para uma empresa, que o levou para a capital potiguar. Com a vantagem do empate, o time do técnico Cristovão Borges não teve dificuldades e venceu por 2 a 0, com gols de Nenê, de pênalti. O placar poderia ter sido mais elástico pelo volume de jogo apresentado, mas a falta de pontaria não ajudou.

Pela segunda fase, o mando foi sorteado e o Vila Nova ganhou, levando a partida para o Serra Dourada. O Cruz-Maltino conseguiu avançar de forma suada, vencendo por 2 a 1. Com o empate levando a decisão para os pênaltis, o Vasco abriu o placar com Thalles, mas ainda no primeiro tempo Wallyson deixou tudo igual. A classificação vascaína só veio aos 39 do segundo tempo, quando Wagner aproveitou vacilo da zaga e marcou de cabeça o gol do triunfo.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos