Flamengo sobra no segundo tempo e atropela o San Lorenzo no Maracanã

Com grande atuação no segundo tempo, o Flamengo conquistou uma importante vitória e goleou o San Lorenzo (ARG), por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, no Maracanã. O Rubro-Negro assumiu a liderança do Grupo 4 da Libertadores com este resultado, um ótimo início no torneio sul-americano. A equipe argentina demonstrou cansaço em seu primeiro compromisso oficial na temporada e não chegou a ameaçar o resultado.

O primeiro tempo teve somente uma chance clara de gol para o Flamengo e muito perde e ganha no meio campo. Mesmo mostrando qualidade, o San Lorenzo incomodou poucas vezes, talvez pela falta de ritmo de jogo. Os donos da casa demonstraram nervosismo em alguns lances, ansiosos para construir a vantagem no placar.

A primeira grande chance foi aos 13 minutos. Muralha lançou Arão, que deu ótimo passe para Éverton. O meia ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou na trave: uma chance incrível desperdiçada. Pouco depois, o San Lorenzo respondeu com uma jogada ensaiada de escanteio. Montoya surgiu livre na entrada da área e cabeceou rente à trave esquerda de Muralha.

Zé Ricardo foi forçado a fazer uma alteração ainda na primeira etapa. Mancuello 'apagou' numa disputa de bola e tentou, bravamente, permanecer em campo. Ele conseguiu, mas somente por alguns minutos, até cair novamente no gramado. Berrío entrou no lugar do argentino para explorar jogadas de linha de fundo.

O Flamengo voltou com 'fome' para o segundo tempo e chegou ao tão esperado gol aos três minutos. Éverton foi puxado na entrada da área, e Diego fez as honras da casa. O meia rubro-negro não chegou a cobrar com perfeição, mas encobriu a barreira, o suficiente para 'explodir' o Maracanã: 1 a 0.

Empolgado, o Rubro-Negro tomou conta do jogo e ampliou com Trauco, aos 16 minutos. O peruano recebeu passe de Diego na entrada da área e arriscou um lindo chute - uma pedrada - no ângulo esquerdo de Torrico, que nada pôde fazer.

O Flamengo seguiu pressionando um adversário abatido e ampliou com Rômulo. Diego cobrou escanteio no primeiro pau, Berrío desviou, e o volante apareceu para completar para o gol, o primeiro dele pelo clube. Curiosamente, o camisa 27 estava recebendo algumas vaias no Maracanã.

Incansável, o Flamengo seguia em busca de mais gols. Gabriel entrou bem e sofreu pênalti, mas Guerrero desperdiçou. A noite era tão boa que nem mesmo a infelicidade do peruano mudou o astral da torcida, que gritou o nome do camisa 9.

Aos 42 minutos, Gabriel fez bela jogada na entrada da área e deu um lindo chute no ângulo esquerdo de Torrico. O goleiro tentou chegar, mas não deu. O 4 a 0 empolgou a torcida, que passou a gritar 'Seremos campeões'.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 4 X 0 SAN LORENZO

Data/hora: 8/3/17, às 21h45

Local: Maracanã

?Árbitro: Andrés Cunha (URU)

Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Miguel Nievas (URU)

Cartões amarelos: Mancuello, Trauco (FLA); Angeleri, Montoya e Mussis (SAN) ?Gols: Diego, 3'/2°T (1-0); Trauco, 16'/2°T (2-0); Rômulo, 24'/2°T (3-0), Gabriel, 42'/2°T (4-0)

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Vaz e Trauco; Rômulo (Márcio Araújo, 35'/2°T), Arão e Diego; Mancuello (Berrío, 32'/2°T), Éverton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

SAN LORENZO: Torrico, Díaz, Angeleri, Coloccini e Montoya (Corujo, 31'/2°T); Mussis e Ortigoza; Bellushi, Botta e Cerruti (Merlini, 31'/2°T); Blandi (Bergessio, 37'/2°T). Técnico: Diego Aguirre

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos