Garantia de Vasco na Libertadores feita por Eurico serve de motivação

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, garantiu que o Vasco vai disputará a Libertadores de 2018. A declaração dada pelo mandatário em uma entrevista para a 'CNT', no último sábado, não assustou o elenco cruz-maltino. Segundo o meia Wagner, as palavras serviram como motivação para os jogadores. Ele conta que sabe desse objetivo do clube desde que chegou e concorda que está na hora de o time voltar a jogar a competição continental.

- É uma motivação. Até mesmo no dia que eu cheguei para assinar o contrato, perguntei a ele (Eurico Miranda) qual eram as ambições do Vasco esse ano, se uma era a vaga na Libertadores. Ele me respondeu sem nem deixar eu terminar a frase dizendo que com certeza. O Vasco tem que voltar a jogar a Libertadores. Tem história, tem título, então essa camisa tem que estar lá de novo - disse o meio-campista.

Wagner destaca que a Libertadores é importante para o clube por diversos fatores, e também valoriza os jogadores. O meia diz que o time está motivado para alcançar o objetivo tanto pela Copa do Brasil como pelo Brasileirão.

- Até porque faz a diferença para o clube, traz mais renda, o torcedor fica mais feliz, comparece mais ao estádio, e nós jogadores somos valorizados também. Então, lá na frente a gente vai estar pensando no Campeonato Brasileiro também, a Copa do Brasil vai ser longa. De uma maneira ou de outra, temos dois caminhos que levam até lá. Com certeza a motivação é grande para que a gente chegue na Libertadores - comentou.

A última vez que o Vasco disputou a Libertadores foi em 2012. Na ocasião, o time, que também era comandado pelo técnico Cristovão Borges, acabou eliminando pelo Corinthians nas quartas de final após empatar sem gols em São Januário e perder por 1 a 0 no Pacaembu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos