Único sem chance, Gorne espera: 'Sigo trabalhando e me dedicando'

A opção por alternar titulares e reservas no Campeonato Carioca faz com que todos os jogadores de linha já tenham tido chance de atuar pelo menos alguns minutos. Todos menos Renan Gorne. O atacante, badalado após temporada artilheira no ano passado, pelo time sub-20, está no fim da fila, mas já foi avisado para ter paciência porque a chance chegaria. Então ele espera.

- O Jair (Ventura) trata todos jogadores da mesma maneira e é justo nas decisões que toma. Sigo trabalhando e me dedicando para, quando precisar, eu estar preparado - afirmou ao LANCE!.

Na disputa pela vaga de centroavante, estão na frente de Gorne: Roger, o também experiente Canales, que será inscrito na fase de grupos da Copa Libertadores, Sassá e Vinícius Tanque. O último é o mais novo dentre os quatro, mesmo assim está na segunda temporada como profissional, o que já lhe dá vantagem sobre o recém-incorporado jogador.

- Os treinamentos têm sido muito bons. É uma carga maior de trabalho. E, com o tempo que estou aqui desde minha subida (setembro), consegui me adaptar bem - entende Renan Gorne, que também não deve ser relacionado para o duelo desta quinta-feira, contra o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca.

Outro que ainda não teve chance foi Saulo. Mas como é goleiro, a expectativa de jogar é menor. Também cria das categorias de base alvinegras, não será surpresa se também ele vier a receber chance no Estadual.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos