Um Vale de expectativas! Sensação do Gauchão, Noia tenta fazer história

A expectativa de que o Novo Hamburgo escreva um capítulo antológico de sua história chegou a 100% entre os torcedores anilados. Com atuações dignas de honrar o apelido carinhoso de "Barcenoia", a equipe já obteve seis vitórias em seis partidas no início do Gauchão. Esta lista pode aumentar neste sábado, às 16h30, diante do Cruzeiro-RS, no Vieirão, fazendo o clube anilado igualar a sequência inicial do Grêmio que foi campeão de 2010.

Com 18 pontos (sete a mais que Caxias e Internacional), o Noia tem seu elenco mesclado por atletas das categorias de base e algumas referências e casos do meia Preto e o zagueiro Julio Santos, com passagens por São Paulo, Vasco e Mazembe. Mas foram atletas vindos de outros clubes que se destacaram, casos do veloz Jardel e do atual artilheiro do Gauchão, João Paulo, com cinco gols marcados.

Embora conte que o planejamento foi feito com minúcia, o vice de futebol, Everton Cury, aponta que o bom momento vem saltando aos olhos no Estádio do Vale:

- Seria uma demagogia dizer que eu acreditava que a gente teria um início tão bom. Mas, quando montamos esta equipe, tivemos a convicção de que podíamos fazer um bom Gauchão. O Beto (Campos) não tem preguiça de treinar e, à medida que fomos ganhando os jogos, a equipe adquiriu confiança para se entrosar - afirmou, ao LANCE!.

Treinador com intensa rodagem no futebol gaúcho, Beto Campos avalia que a dedicação dos jogadores foi crucial para corresponder ao sonho de ficar entre os quatro melhores da Primeira Fase:

- É um momento muito importante, difícil de acontecer no interior. Vejo uma equipe muito focada, que visualizou o mesmo desejo que a gente. Está melhor do que esperávamos - disse, ao L!.

Porém, o técnico exigiu atenção redobrada diante do Cruzeiro:

-- É uma boa equipe e, apesar de estar mais abaixo da tabela, vem de um jogo difícil com o Caxias. Certamente, eles nos darão uma dificuldade muito grande. Mas a equipe está muito focada, ciente de que precisa de um ponto para assegurar-se nos quatro primeiros e poder jogar a segunda partida em casa.

Tudo pelo desejo de que o clube do Vale dos Sinos vá muito além de um vale de expectativas.

COM A PALAVRA

'Bom momento traz um grande desafio'

EVERTON CURY

Vice de futebol do Noia

Mesmo sendo um resultado de um trabalho, estar em um bom momento como este traz um grande desafio para nós. Com esta série de vitórias, a mídia dá mais destaque, há uma série de reportagens, e temos de evitar que o sucesso suba à cabeça dos jogadores.

Neste momento, o trabalho do Beto Campos vem sendo crucial. Além de ter ajudado a fazer a mescla dos jovens que atuaram bem em 2016 com nomes como Preto, João Paulo e Jardel, o técnico vem deixando o Novo Hamburgo focado em fazer um bom Gauchão. Quando aparecem seis vitórias em seis jogos, parece que tudo foi fácil, mas nós tivemos dificuldades a cada partida, e todos estão cientes de que cada jogo será complicado.

BATE-BOLA

Beto Campos

Técnico do Novo Hamburgo

1 - Como fazer com que o elenco do Novo Hamburgo não se deixe levar pela euforia com o 100% de aproveitamento?

Na verdade, todos estão cientes das dificuldades que cada rodada traz. Nós conseguimos as seis vitórias, mas muitas delas vieram depois jogos muito difíceis. Tanto que nossas melhores atuações foram nas partidas com o Juventude e o Passo Fundo (ambas vencidas por 4 a 1). Além disto, eu procuro trabalhar no dia a dia com os atletas, para eles ficarem cientes sobre o sistema de jogo e não termos a equipe comprometida por lesões ou cartões.

2 - Como está seu vínculo atualmente com o Noia?

Meu contrato, assim como o de outros jogadores, é até o final do Gauchão. Ainda não deixei definido, mas nenhum de nós está com a cabeça voltada para isto no momento. Queremos fazer um bom campeonato.

NÚMEROS

Campanha

1x0 Caxias

2x1 Internacional

1x0 São José

4x1 Juventude

3x1 São Paulo

4x1 Passo Fundo

6 jogos, 6 vitórias, 15 gols marcados, 4 gols sofridos

Artilheiro: João Paulo, 5 gols

FEITOS DO NOVO HAMBURGO

'Barcenoia'

Em 2012, o Novo Hamburgo encheu os olhos da torcida pela primeira vez, com boas atuações que o levaram à final da Taça Piratini e renderam o apelido de "Barcenoia". Porém, o sonho de levar o Primeiro Turno parou nos pênaltis: após empate em 1 a 1 no Estádio do Vale, Caxias levou a melhor por 3 a 2 e foi para a decisão do Gauchão.

Batendo na trave

Dois anos antes, o Noia também surpreendeu no Primeiro Turno do Gauchão (Taça Fernando Carvalho). Após despachar o Internacional na semifinal com um 2 a 1 em pleno Beira-Rio , no entanto, o anilado também caiu na final: derrota por 1 a 0 para o Grêmio, que seria campeão gaúcho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos