Dorival explica Santos reserva em goleada e despista sobre mudanças

Os três dias de intervalo entre o jogo contra o Sporting Cristal e São Bernardo não foram o suficiente para os titulares do Santos estarem em condição de atuar neste domingo. Isto porque, o dia seguinte ao empate no Peru não foi de descanso. Segundo o técnico Dorival Júnior, a exaustão causada pela viagem foi o que tirou os titulares da partida desde domingo, no ABC paulista.

- Problema não é poupar. As colocações dão impressão que se tira jogador para que ele não participe do jogo. Não é isso. Jantamos 2h30 da manhã na sexta-feira. Para acordar às 5h. Chegamos em Santos 21h30. O dia todo viajando. Esses jogadores só conseguiriam jogar o primeiro tempo. Não dá para correr esse risco. Só dois poderiam jogar. Para jogar dois, preferimos usar o time que fico trabalhando na semana. Temos a consciência que precisamos de muito na competição - disse o técnico após a goleada por 4 a 1.

Considerados reservas até este domingo, Bruno Henrique deixa São Bernardo com três gols anotados, e Vladimir Hernández com duas assistências.

Feliz com a atuação da dupla, Dorival despistou se o futuro deles será no banco de reservas ou no campo desde o início do jogo contra o The Strongest, da Bolívia, pela Libertadores, na quinta-feira.

- Não vieram aqui por acaso. De modo geral, a equipe teve atuação boa. Vladimir Hernández estreou na quinta, daqui a pouco terá melhores condições. Tudo é questão de tempo - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos