Atlético de Madrid entra em acordo para comprar novo estádio na capital

O Atlético de Madrid vai pagar 30,4 milhões de euros (cerca de R$ 100 milhões) para comprar do estádio La Peineta, que está programado para ser a nova arena do Colchonero na próxima temporada em substituição ao tradicional Vicente Calderón. O clube já chegou a um acordo com a Prefeitura da capital espanhola e deve quitar o valor em três anos.

O La Peineta vai se chamar Wanda Metropolitano, devido ao nome do grupo empresarial que detém 20% das ações do clube. Além de pagar esse montante para adquirir o estádio, o Atlético vai realizar as obras de urbanização dos acessos ao local, que estão previstas para custar cerca de 30 milhões de euros (R$ 100,8 milhões), além da criação de mais 4 mil vagas de estacionamento para os torcedores.

Ao contrário do que previa o acordo inicial de 2008, o La Peineta será de uso exclusivamente privado. Desta forma, está excluída a chance de que seja indicado para ser sede dos Jogos Olímpicos. O estádio foi construído na década de 90 para também receber provas de atletismo. Ele foi reformado pela prefeitura para as candidaturas de Madri para as Olimpíadas de 2012 e 2016.

Até o fim da temporada, estão previstos, no mínimo, mais sete jogos do Atlético no Vicente Calderón. Nesta quarta-feira, a equipe encara o Bayer Leverkusen, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Em caso de classificação, o Colchonero mandará mais partidas no estádio. No Campeonato Espanhol, serão mais seis duelos: Sevilla, Real Sociedad, Osasuna, Villarreal, Eibar e Athletic Bilbao.

A última partida no estádio será no dia 27 de maio e não terá o Atlético de Madrid. O Vicente Calderón será palco da decisão da Copa do Rei entre Barcelona e Alavés.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos