Com goleiros em baixa no São Paulo, Renan Ribeiro deve ganhar chance

O clássico contra o Palmeiras, no último sábado, deixou a situação no gol do São Paulo complicada. Enquanto Sidão, mais utilizado no ano, está machucado, Denis voltou a falhar em pelo menos um dos três gols na derrota por 3 a 0 no Allianz Parque. A situação ruim abre ainda mais espaço para a estreia de Renan Ribeiro em 2017. Isso, pela programação do técnico Rogério Ceni, deve acontecer nesta semana.

No clube desde 2013, quando chegou do Atlético-MG, Renan é o único dos três goleiros principais que ainda não teve chance com Ceni. E o técnico tinha projetado a estreia dele para o duelo contra o Ituano, no próximo sábado, pelo Campeonato Paulista. Antes, o Tricolor encara o ABC-RN, em Natal, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Como Sidão ainda não deve estar recuperado, a tendência é que Denis deve ser mantido. Apesar dos erros no clássico, Ceni disse que não desistiu dele.

- Vejo estrutura emocional nos quatro goleiros que eu tenho. O (Lucas) Perri, tenho de trabalhar mais porque é jovem. Mas os três têm. Você acha que ele (Denis) falhou no primeiro gol? Eu não acho. Tem de dar o mérito para o Dudu, fazer um gol desses. O Denis deu apoio ao Douglas, por isso estava ali, se ele quisesse passar. Temos de valorizar o Dudu, e não tentar achar um culpado. Mas todos meus jogadores têm estrutura emocional para jogar no São Paulo. Se um dia não estiver, vão buscar em outro espaço. Nos últimos dez jogos, perdemos um. Então vamos com calma - analisou o treinador, após o clássico.

O São Paulo sofreu 20 gols nos 11 jogos competitivos de 2017. Desses, 14 foram com Sidão, utilizado em sete jogos. Denis sofreu seis gols, em quatro partidas disputadas. Além do Palmeiras, Denis esteve em campo contra o ABC (3 a 1), Moto Club-MA (0 a 1), pela Copa do Brasil e Novorizontino (2 a 2), pelo Campeonato Paulista. Sidão foi titular nos demais jogos. Houve também os dois jogos da Florida Cup, nos Estados Unidos, em que nenhum dos dois sofreu gols - 0 a 0 contra River Plate (ARG) e Corinthians.

Enquanto isso, Renan vem esperando ansiosamente por uma oportunidade. No começo do ano, o goleiro não participou da pré-temporada por conta de uma lesão na coxa esquerda e perdeu tempo. Agora, totalmente recuperado, treina para compensar o tempo perdido. Ele sabe que, com a reta final do Paulista chegando, precisa mostrar agora caso queira um lugar no time. A chance deve pintar nesta semana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos