Monaco recebe o City precisando de gols para avançar na Champions

Monaco e Manchester City se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), no Stade Louis II, no Principado, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. É o prenúncio de mais uma grande partida, depois do 5 a 3 para os ingleses na ida, no Etihad.

Os Citizens têm a vantagem de poder perder por um gol de diferença que avançam às quartas de final. No entanto, enfrentam o time de melhor ataque nos campeonatos nacionais pela Europa: o Monaco já marcou 84 gols no Francês, em 29 jogos disputados.

Sabendo do poderio ofensivo da equipe gaulesa, o técnico Pep Guardiola já alertou os seus jogadores de que não podem ficar apenas no campo defensivo, esperando o Monaco. Ele admitiu que precisa fazer gols no campo do adversário se quiser sair com a vaga.

- Eu definitivamente sinto que se não marcarmos, vamos ser eliminados. Começamos com uma vantagem de 5-3 e temos de nos concentrar no que temos de fazer. É um erro pensar sobre o que fizemos e não pensar sobre o trabalho que temos que fazer. Minha impressão é que eles são a melhor equipe do mundo em marcar gols. Eles atacam com cinco ou seis jogadores ao mesmo tempo. São fisicamente fortes e rápidos. Eu fiquei muito impressionado antes do primeiro jogo e ainda mais impressionado depois. Eu quero ver o meu time jogar futebol com a sensação de que eles querem ganhar o jogo e não pensar em segurar a nossa vantagem - comentou Guardiola, em entrevista coletiva.

O lateral-direito Bacary Sagna acredita que a partida de volta terá a mesma emoção do confronto na Inglaterra. Para o francês, o jogo ofensivo das duas equipes anuncia um duelo aberto e cheio de gols.

- É possível que vejamos um jogo louco como na primeira partida, já que ambas as equipes gostam de atacar e querem jogar. Eu acho que será um jogo aberto novamente. Como defensor, não é agradável conceder gols ao rival - afirmou.

MONACO PODE TER FALCAO GARCÍA

O atacante Falcao García pode ser a novidade do Monaco para a partida diante do Manchester City. O colombiano, que marcou dois gols na partida de ida, no Etihad Stadium, ainda sente dores no quadril oriundas do duelo contra o Bordeaux, no fim de semana.

- Ele sofreu uma pancada forte do lado direito. Vamos ver como isso evolui. Espero que não seja grave, que é somente uma pancada. Ele acordou melhor nesta terça-feira, mas não sei se ele será capaz de começar o jogo. Nós vamos esperar até amanhã (quarta) para tomar uma decisão - disse o técnico Leonardo Jardim.

O treinador acredita que as duas equipes vão atacar o tempo todo e elogiou a qualidade individual dos jogadores do Manchester City.

- Penso que as duas equipas vão atacar, e vamos tentar marcar, porque precisamos marcar mais dois gols para a classificação. Acho que a qualidade individual deles será perigosa e eles podem marcar a qualquer momento. Acho que precisamos marcar pelo menos três gols. Acredito que ambas as equipes vão respeitar o seu DNA, porque eu acho que é difícil mudar a mentalidade de ataque dos jogadores. Eu acho que haverá muito espaço e atacando amanhã e, talvez, Um monte de gols.

FICHA TÉCNICA

MONACO x MANCHESTER CITY

DATA/HORA: 15/03/2017, às 16h45 (de Brasília)

LOCAL: Stade Louis II, Monaco (FRA)

ÁRBITRO: Gianluca Rocchi (ITA)

MONACO: Subasic; Sidibé, Raggi, Jemerson e Mendy; Bakayoko, Fabinho, Bernardo Silva e Lemar; Mbappé e Falcao (Germain). Técnico: Leonardo Jardim.

MANCHESTER CITY: Caballero; Sagna, Otamendi, Stones e Clichy; Yaya Touré, David Silva, De Bruyne, Sterling e Sané; Agüero. Técnico: Pep Guardiola.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos