Guardiola tem a pior participação na Liga dos Campeões como técnico

A queda do Manchester City para o Monaco nas oitavas de final da Liga dos Campeões decretou a pior campanha de Pep Guardiola na competição como treinador. Em suas últimas oito participações, o atual comandante dos Citizens nunca havia ficado pelo caminho antes das semifinais.

 

A estreia de Guardiola foi na temporada 2008/09, quando sagrou-se campeão do torneio pelo Barcelona. Na edição seguinte, parou nas semifinais, caindo para a Inter de Milão de José Mourinho, que acabaria com o título. Em 2010/11, o treinador faturou novamente o caneco pelo time catalão.

 

Em 2011/12, o técnico foi eliminado novamente nas semifinais para um time que acabaria com o título. Desta vez, o algoz foi o Chelsea. Guardiola ficou um ano sem treinar nenhum clube antes de assumir o Bayern de Munique.

 

Em três temporadas pelo time bávaro, Guardiola caiu nas semifinais, sendo eliminado em todas por times espanhóis (Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid).

 

No entanto, a pior participação de Guardiola viria nesta temporada. No primeiro ano à frente do Manchester City, viu sua equipe fazer 5 a 3, de virada, no Etihad, no primeiro jogo das oitavas de final. No entanto, acabou perdendo por 3 a 1 no Principado, sendo eliminado pelo critério de gols marcados fora de casa.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos