Mina dança até com Zé Roberto e quer repetir Armeration na Vila

Yerry Mina acabou com a agonia do Palmeiras ao marcar o gol da vitória sobre o Jorge Wilstermann (BOL) no último lance do jogo desta quarta-feira, no Allianz Parque. Poderia ter vibrado, tirado a camisa, corrido para a torcida... Mas o colombiano não deixou de lado a sua marca registrada e dançou salsa choke. Segundo ele, a possibilidade de dançar é o que o motiva a trabalhar.

- Eu danço salsa choke. Boa, né? (risos) E só mover muito o esqueleto - sorriu.

- Meus amigos sempre falam: 'Mina, tem que dançar, tem que dançar'. Na Colômbia se dança muito, meu irmão sempre manda vídeos com danças para eu fazer. Eu me motivo mais para trabalhar e fazer gol. Para mim é importante, porque com isso demonstro minha alegria, a alegria da nossa equipe e a alegria de onde eu venho, lá todo mundo dança - disse o camisa 26, que está contagiando todo o elenco.

Até jogadores mais experientes, como Zé Roberto e Felipe Melo, têm entrado na onda do zagueiro.

- Às vezes falo (sobre dança) com Róger Guedes, Zé Roberto... Estava dançando outro dia com Felipe Melo, então já temos comemoração para quando ele faça um gol - contou.

O próximo adversário do Palmeiras é o Santos, na Vila Belmiro. O estádio foi palco de um famoso "show de dança" de outro jogador colombiano: o lateral-esquerdo Pablo Armero, que criou o Armeration em uma vitória do Verdão sobre o Peixe, por 4 a 3, em 2010. Mina sonha em repetir.

- Vi esse dia que o Armero dançou lá (na Vila). Fico feliz com meus compatriotas jogando bem. Com a graça de Deus, espero fazer um gol lá também.

Mina tem cinco gols em 19 jogos pelo Palmeiras. No ano passado, marcou contra Santos, São Paulo, Coritiba e Corinthians no Brasileirão. O gol contra o Wilstermann foi seu primeiro em 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos