Após derrota, presidente do Figueirense comunica demissão de Léo Franco e Branco

A derrota por 2 a 0 para o Joinville afetou membros do Figueirense fora do campo também. Após coletiva do técnico Márcio Goiano, o presidente Wilfredo Brillinger aproveitou a presença da imprensa para comunicar a demissão de Léo Franco e Branco do departamento de futebol do clube.

- Queria comunicar para vocês que eu tomei a decisão e nunca me omiti, nunca fiquei em cima do muro. Quando o resultado em campo não vem, você precisa buscar alternativas. Nesse momento queria colocar que o Branco e o Léo Franco não fazem mais parte do Figueirense. Agradeço principalmente pela lealdade, deram o máximo de si, mas as coisas não aconteceram. Temos a Série B pela frente, com objetivo de voltar à Série A. Quando as coisas não acontecem, precisamos mudar.

O presidente ainda afirmou que o clube já procura outro superintendente de futebol para ocupar o cargo deixado por Léo Franco. Já a assessoria da presidência, que era ocupada por Branco, será exonerada. Wilfredo Brillinger afirmou que a ajuda de um assessor não é mais necessária e que ele vai seguir sozinho.

- Não tenho nem nome, vou trabalhar hoje e amanhã para o mais rápido possível trazer um superintendente de Esportes. Para o lugar do Branco não vou trazer ninguém. Quando o trouxe era para me ajudar no dia a dia e vou voltar a fazer o que fazia. Tudo para que possamos lutar pelo segundo turno e pensar no grande objetivo de voltar à Série A.

Na próxima quarta-feira, o Figueirense retorna aos gramados no Tio Vida para encarar o Inter de Lages em partida válida pela terceira rodada do returno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos