Contra 'pedra no sapato' de Dorival, Santos busca firmação de jogo ideal

Em consequência da má fase no início da temporada do Santos, muito se ouviu sobre a falta de equilíbrio da equipe. Mas o técnico Dorival Júnior parece ter encontrado, e busca firmar no clássico deste domingo o jogo ideal para desbancar o Palmeiras, seu principal rival na competição do Paulista. Foram quatro vitórias, três derrotas e dois empates desde julho de 2015, quando o treinador retomou ao Peixe.

Depois de levar os três pontos sobre o The Strongest, o comandante vibrou e considerou uma das melhores atuações do ano da equipe Alvinegra. Para o clássico contra o Palmeiras, às 18h30, na Vila Belmiro, o comandante pretende manter o ritmo ofensivo e demonstrou felicidade com a equipe bem estruturada.

- O Santos sempre jogou dessa forma agressiva, combativa e insinuante. Quem sabe jogar dessa maneira, não perde essa condição. Esperamos manter esse nível de atuação. Serão muitos titulares com merecimento dentro da nossa visão - explicou.

O Peixe entrou em campo na quinta-feira passada contra o Strongest com as características que Dorival tanto almejava. A equipe da Vila Belmiro tomou conta da partida com a pressão no ataque e o passe rápido de bola. Além de surpreender o adversário com a inversão de lado rápida dos atacantes.

Mesmo com o desgaste da partida da segunda rodada da Libertadores, o comandante não poupou os titulares e estará com força máxima no jogo contra o Alviverde.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos