Entre os dedos: Santos perde e Dorival desacredita: 'É inexplicável'

O confronto entre Santos e Palmeiras deixou os santistas boquiabertos com o final do segundo tempo, quando a equipe da casa sofreu dois gols aos 40 minutos do segundo tempo. Mas não somente os torcedores. O técnico Dorival Júnior ainda não consegue crer no que seus olhos viram. Apesar disso, para ele o Peixe dominou a partida e não deixou a desejar na produção de jogadas.

- É a maneira como perdemos... Produzindo, criando, com posse, diversificando. Quase 66% de posse. Chegamos a ter 72. Equipe com tranquilidade. Não recuou, jogou para cima... Palmeiras encontrou os dois gols em jogadas individuais. Mas a intensidade... é inexplicável sentar aqui e tentar entender o que se passou nesses últimos cinco minutos que fizeram diferença - explicou.

Apesar da derrota, o treinador entende que desempenhou um bom trabalho com o time. O Alvinegro jogou para frente, pressionou na saída de bola e surpreendeu com as inversões de lado no ataque. E isso satisfaz o técnico, que promete um Santos com determinação.

- Meu trabalho é o que a equipe produziu. Resultado não pesa a favor, mas a produção é o trabalho. Santos vai buscar classificação, lutar até o fim, e vai encontrar um caminho. Pode ter certeza - concluiu.

Sem os três pontos, o Alvinegro segue fora da zona de classificação para o Campeonato Paulista. O próximo adversário é o São Bento, no próximo sábado, às 15h00, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos