Após United, Manchester City também é acusado por 'má conduta'

Nesta segunda-feira, o Manchester City foi acusado pela Federação Inglesa de Futebol (FA) por "má conduta" no empate contra o Liverpool por 1 a 1 no Etihad Stadium. A mesma situação aconteceu na última semana com os rivais de cidade do United.

Os atletas cercaram o árbitro Michael Oliver após a marcação de um pênalti para os Reds, que resultou no primeiro gol da partida dos pés de Milner. Curiosamente, foi o mesmo juiz que apitou o confronto dos Red Devils contra o Chelsea e gerou controvérsia após expulsar o espanhol Ander Herrera. Os protestos dos comandados de José Mourinho custaram R$ 76 mil em multas aos cofres do clube.

- Alegamos que por volta do 5º minuto do segundo tempo, o clube falhou em assegurar que seus atletas tivessem condutas de maneira ordenada - diz a federação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos