Antônio Carlos cita apoio do elenco para corresponder como titular

Sem Mina, convocado, e Vitor Hugo, suspenso, Antônio Carlos será o titular do Palmeiras ao lado de Edu Dracena nesta quarta-feira, contra o Mirassol. Aos 24 anos, o ex-zagueiro da Ponte Preta mostrou segurança na entrevista desta terça na Academia de Futebol e se apoia na amizade do elenco para não decepcionar.

- Eu aprendo muito. O Palmeiras ano passado foi a melhor zaga, então aprendo muito. Uma honra jogar com o Edu Dracena contra o Tucumán, o Mina e o Vitor Hugo me ajudam. O Mina é mais novo que eu, mas é mais rodado. Eu tento aprender um pouco de cada um, até do Thiago Martins que está fora. Busco um pouco de cada um, do Felipe Melo, do Zé, isto que está me fazendo evoluir no clube - analisou o camisa 25.

Versátil, Antônio diz que pode jogar nos dois lados da defesa. No Verdão, ele tem duas partidas: o amistoso contra a Chapecoense e a estreia na Libertadores, contra o Atlético Tucumán (ARG). Nos dois confrontos ele saiu do banco de reservas.

- (Contra o Tucumán) Foi um momento de felicidade, um dia antes foi meu aniversário. Encarei, como sempre, com o máximo de concentração. Venho treinando e os que vão ter chance estão preparados porque trabalham. A amizade deixa o ambiente tão leve foi importante. Na partida eu pude ir bem, tirei muitas bolas de cabeça e graças a Deus fui elogiado pelo time e pelo treinador - completou.

Já classificado para as quartas de final, o Palmeiras agora tenta nos próximos três jogos assegurar a melhor campanha da primeira fase do Estadual. O jogo contra o Mirassol está marcado para as 20h30, no Allianz Parque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos